Páginas

NOTA INTRODUTÓRIA - A ortografia do presente léxico contrastivo, ou prontuário prático para a escrita da nossa língua, é a do Acordo da Ortografia Unificada, de 1990; escolheu-se em geral a norma culta europeia nos casos em que diverge da americana, e incorporou-se com finalidade diacrítica alguma grafia anterior ao Acordo. Junto com as formas simples, incluem-se flexões, topónimos (lato sensu) e outras palavras, a fim de ilustrar a variedade fonética das formas nortenhas e portugalegas, ou dialetais, preferentes mas não exclusivas no léxico, dentro da virtualidade estrutural da língua. Cumpre ter muito em conta que as explicações entre parênteses não são definições, mas breves referências ou sinónimos para identificar no mínimo espaço os vocábulos, procedentes de dicionários ou de autores muito diversos.

A segunda parte contém o resto do léxico geral que pode apresentar dúvidas ortográficas, sobretudo a N da Raia. Nessa lista indicam-se os plurais dos singulares em -ão quando terminados em -ães ou -ões, ou, se não têm plural, a terminação fonética (-am, -om) na pronúncia do português galego, que também se indica na primeira parte. A consulta pode fazer-se alfabeticamente ou mediante pesquisa digital, talvez este o método melhor para resolver rapidamente as dúvidas ortográficas no momento da consulta.

Este trabalho é fruto da pesquisa e da docência; tem um fim fundamentalmente pedagógico e prático geral, ilustrando e não prescrevendo, mas visando contra-arrestar a forte pressão castelhanizante a que está submetida a nossa língua a N da Raia.

A primeira versão deste prontuário foi publicada pelas Irmandades da Fala em 1984, Revista Temas do Ensino, Nos. 2/3, Braga. Última revisão: maio de 2015

LÉXICO CONTRASTIVO

Marcadores


LÉXICO GERAL

P

P pá (apeiro; baque; rapaz; apócope de pai), Pá (top.), pa (pop.: para), Pa (símb. protactínio e pascal), PA (Pará), pã (bétel), Pã (Pan), pana (lugar do aparelho de pesca; espécie de veludo), pala (engaste; pano; cova; poncho; manto) pabardo (peixe), alpavarda (aparvado) pábulo (pasto), pabulo (de pabular), pavio (torcida; pavia), pábilo (tira de junco) pação (ant. paceiro; cainho), pazão (antílope), pazau (uva tinta), Passau (top.) pacei-o (de pacer), pascei-o (de pascer), passeio (ato de passear), passei-o (de passar), pazeio (de pazear) paceira (f. paceiro), passeira (lugar onde seca a fruta) paceiro ((à) palaciano), passeiro (que anda a passo; passeira), Passeiro (n.) pacência (erva; pop.: paciência), paciência (resignação) pacense (de Beja, Badajoz, Paços de Borvém, Paços de Ferreira), pascem-se (de pascer), pascoense (da ilha de Páscoa) pacer (pascer), pascer (pastar), pacicar (pacer um bocado) pacheco (de pouca formalidade), Pacheco (n.) paciente (que tem paciência; de pacientar), pascente (que pasta) pacifismo (ideário pacifista), pacificíssimo (muito pacífico) pacífico (tranquilo), Pacífico (oceano; n.) Pacim (rio; n.), Pasim (n.), pascim (var.: pasci), pacim (pascim), passim (lat.: em diversos passos), pachim (couselo) pacinho (dim. paço), passinho (dim. passo), pãozinho (dim. pão), pauzinho (dim. pau), paizinho (dim. pai), paisinho (dim. país), paninho (dim. pano) Pacinhos (top.), pacinhos (pl. pacinho), passinhos (pl. passinho), pãezinhos (pl. pãozinho), paizinhos (pl. paizinho), paisinhos (pl. paisinho), pauzinhos (pl. pauzinho) paço (palácio; de pacer), pasço (de pascer), passo (de passar; andadura; passado), Paço (top. e n.), Pácio (top.) Paçó (top. e n.), Paçô (top.), Passó (top.), Passô (top.), passou (de passar) paços (pl. paço), passos (pl. passo), Paços (top. e n.), Passos (top. e n.) Paços de Borvém (top.), Paços de Porvém (top. e n.) pacote (embrulho), paquete (paquebote; pelo dos chapéus), paquebote (navio) pacoveira (pacobeira), pacobeira (bananeira), pacovice (palermice) pacóvio (parvo), Pacúvio (poeta lat.), pacómio (pacóvio) pacta (de pactar), pauta (tabela; de pautar; pouta), pata (perna; f. pato) pactar (fazer pacto), pactear (pactar), pactuar (pactar), patear (bater com patas ou pés), pautar (pôr em pauta), pautear (tagarelar), patelar (rel. à rótula), patejar (patear) pacto (contrato; de pactar), pauto (de pautar; pacto sobrenatural), pato (ave), Pato (top. e n.) pada (pazada; pãozinho; barco cingalês), Pada (top.) padal (paladar), padar (ant.: paladar), padão ((am) padal), Padão (top. e n.), padial (pontão) padeça (de padecer), Padeza (top. e n.), padeja (de padejar) padeira (f. padeiro), padieira (dintel), pavieira (padieira), paneadeira (recipiente para a massa do pão) padeiras (pl. padeira), Padeiras (top.) padeiro (que fabrica ou vende pão), padeeiro (padejeiro, nalgum dic.) Panadeiro (n.), Panadeiros (top.), panadeiro (padeiro, nalguns dics.) padejais (de padejar), padixás (pl. padixá) padejador (que padeja), padejeiro (padejador, nalgum dic.) padejar (mover com pá; fabricar pão), padear (serrar em 2), padiar (suportar) Paderna (top.), Paderne (top. e n.) Padernelo (top.), Padornelo (top.), Padronelo (top.) padernês (de Paderne), padrendês (de Padrenda) pádia (viga), pádea (pádia), padia (de padiar), padeia (pádia) padiais (pl. padial), padiais (de padiar) Padim (top. e n.), Paadim (n.), paladim (paladino), Badim (top.), padim (paladino, nalguns textos) padiola (maca), Paiola (top.), paviola (padiola) pádoa (omoplata), Pádua (cid.) padrão ((om) modelo; pedrão), pedrão ((om) pedra), patrão ((om) patrono), Padrão ((am) e (om) top.; (om) n.), Pedrão ((om) top.) padrasco (padrasto), padrasto (marido da mãe que não é pai; obstáculo) Padre-Nosso (Pai-Nosso), Pai-Nosso (oração dominical) padroado (patronato eclesiástico), padroádego (padroado) padroeira (f. padroeiro), patroa (f. patrão), apadroa (de apadroar), patrona (f. patrono) padroeiro (patrono), padreiro (pai indulgente; plátano-bastardo), patroeiro (padroeiro, num dic.) padrões (pl. padrão), Padrões (top.) paduão ((am) paduano), paduano (rel. a Pádua; desalinhado) paelha (prato valenciano), pailha (tigela) pagadoiro (pagadouro), pagadouro (pagável), pagador (que paga) pagão (gentio), Pagão (n.) pagel (pagelo), pagelo (peça de roupa interior), pagela (página pequena), pageira (cesto), pageiro (que faz pages) págema (tumor), página (lado de folha) Pagim (n.), Pajim (top. Irão) pago (pres. e p.p. pagar), pago (paga; casal) pai (progenitor), Pai (apócope de Paio; top.), padre (sacerdote) paiás (pl. paiá), paiaiás (indígenas de Sergipe) paiçal (plantação de painço), Paiçal (top. e n.), Painçal (top. e n.), Pinçal (top. e n.) paiçoco (rude), paissoco (paiçoco), paifoco (paiçoco; pintarroxo), peiçoco (paiçoco), paiçoque (ave), patiçoque (baqueta), peiçoque (paiçoco; papo-ruivo), paifoque (peifoque), peifoque (pássaro; paiçoco), peifoco (peifoque), peijoco (paiçoco), paxoco (apoltroado, num dic.) pailão ((am) pailaroco), peilão ((am) pailão; moço de fretes), pailã (f. pailão), pailana (pailã), pailona (lixa), Peilão ((am) top.) Painçais (top.), Painçás (top.), Pinçás (top.), Peiçás (top.), Peinçais (top.), Peiçais (top.), paiçais (pl. paiçal) painceira (montão de painço), panceira (f. panceiro), Panceira (top.), Painceira (top. e n.) painceiro (que vende painço), Painceiro (n.), pãozeiro (vendedor de pão) painço (milho miúdo), Painço (n.) painho (paim), paiinho (dial.: paizinho), Painho (top. e n.), Paino (n.), paim (pássaro), Paim (n.), peinho (painho; pezinho) paio (rústico; enchido), Paio (top. e n.), palaio (pop.: paio), Pelaio (top.), paioio (paifoco), palholho (papa-moscas) paiol (compartimento do navio), paiolo (papa-moscas), pajolo (paiolo), paiulo (paiolo) paióis (pl. paiol), palhões (pl. palhão), paioios (pl. paioio) pais (pl. pai), país (terra), pães (pl. pão), Paes (top. e n.), Pais (top. e n.), Páez (n.), Pains (top. bras.), pás (pl. pá), paz (sossego), Paz (n. e top.), Pas (top. esp.), Paus (top. gal.), pans (golpes no jogo do pião), panes (pl. pane; de panar) paisagista (que pinta paisagens), paisagístico (rel. à paisagem), paisista (paisagista), paisaísta (paisista) paisano (patrício), peisano (paisano) paisinho ((a-i) dim. país), paizinho (dim. pai) paixão ((om) afeição), Paixão ((om) top.), Panjão (n.; (om) top.), panjão ((om) abandonado; aum. panja), panchão (fogo de estalos), panção (pação; (om) aum. pança), Panção (n.), Panxão (n.; (om) n.), pação (cortesão), Paxão ((om) top. e n.), pajão ((om) utensílio para alisar montes de sal), pajião ((om) pajão), peixão ((om) peixe grande), pexão ((om) peixão) paje (acompanhante de fidalgo; cesto), Paje (top.), pajem (paje), page (cesto; paje), pageta (page) paladino (cavaleiro andante), palatino (palatal; palacial; do Palatinado), platino (do Rio da Prata; de platinar), platense (de La Plata), riopratense (platense), pratense (pratícola), paulatino (gradual), palacego (palaciano), pacego (palaciano, nalguns autores), pancego (panceiro), palaciego (de Palácios do Sil), palacial (rel. a palácio, nalguns dics.), paládio (salvaguarda; el. quím.), Paládio (n.), palato (paladar) palanca (estaca), panca (alavanca) palanque (estrado; de palancar), palenque (paus que sustêm a meda; terreno ruim), palanquim (liteira), palenquim (nugalhão), palanquinha (dim. palanca), panquinha (dim. panca) palão ((am) pau; mentira; (om) rolo de madeira), palau (palão), Palau (Belau; top. sardo) palas (pl. pala), Palas (Minerva; top.) palatalização ((om) ato de palatalizar), palatização ((om) palatalização) palatalizar (tornar palatal), palatizar (palatalizar) palavreado (paleio), palavrório (palavreado), palavreiro (palavreador), palavreio (de palavrear; palavreado, nalguns textos), palavroso (verboso), palavrearia (de palavrear), palavraria (palavreado, nalguns autores), Palavro (n.), palavro (esp.: palavrão), apalavro (de apalavrar), palavrão ((om) palavrada), palavrada (palavra grosseira), palavragem (palavreado), palavrona (aum. palavra), palavrota (palavra grosseira, nalguns dics.) paleáceo (feito de palha), palháceo (paleáceo, nalgum texto), palheáceo (palháceo), palhaço (arlequim; paleáceo), palhasso (palhaço), palhiço (palhoso; coroça; palhote), palhoso (que tem muita palha), palhuço (palhiço; folha do pinheiro) palear (palestrar; apalear), paliar (disfarçar) paleio (palavreado; de palear), paleo- (ref. a ant.), palio (de paliar), pálio (sobrecéu) paleira (buraco), Paleira (top.), palilheira (bilreira), palinheira (umbral do forno) paleiro (árvore), Paleiro (n.) paleólogo (versado em paleologia), Paleólogo (dinastia bizantina) paleetnologia (paleoetnologia), paleoetnologia (etnologia das raças mais ant.), paleontologia (estudo dos fósseis) palescência (palidez), opalescência (qualidade de opalino) palermo (palerma; de palermar), Palermo (top.), palerma (parvo; de palermar), palherma (tunda) palestina (carácter de imprensa; palestiniana), Palestina (nação do Próximo Oriente), palestiniana (f. palestiniano) palestrinha (dim. palestra), Palestrina (compositor it.) palha (colmo das gramíneas), Palha (top. e n.) palhaça (palhoça; f. palhaço), Palhaça (top.), palhoça (choça), palhouça (palhoça, nalguns textos), palhosa (alga; f. palhoso), Palhoça (top.), palhiça (palhiço) palhaçada (ato de palhaço), palhiçada (f. palhiçado; paliçada, nalguns dics.), palhuçada (palha miúda) palhar (palhal), palhal (palheira), palhiçar (cobrir de palhiço) palhares (pl. palhar), Palhares (top. e n.) palheira (onde se guarda palha ou erva e apeiros; ave), Palheira (top.) palheirão ((am) rel. a palheiro), palheirão ((om) rel. a palheiro grande) palheiro (meda de palha; corno virado para acima), Palheiro (top. e n.), palhoceiro (que faz palhoças), palhocense (de Palhoça) palheta (lâmina vibrante; de palhetar), palhota (palhoça), palhote (palhota; palhoça; alpendre), palhoto (restolho), palhete (clarete; da cor da palha; de palhetar), palheto (da cor da palha; de palhetar), paliota (peixe) palhetar (tocar com palheta), palhetear (fazer mofa) palhuqueiro (montão de palha), palhoceiro (que faz capas de palha) palideça (de palidecer), palideja (de palidejar) palidece (de palidecer), palidez (palor) palidecer (empalidecer, nalguns dics.), empalidecer (tornar pálido), palidejar (palorejar), palorejar (ter palor) palilhar (tecer com palilhos), panilhar (palilhar) palingenesia (regeneração), palicinesia (repetição involuntária dum gesto), palingénese (refusão de rochas) palingenésico (rel. à palingenesia), palingenético (palingenésico) palmar (palmeiral; evidente; empalmar), palmário (coleção de palmeiras), palmear (bater palmas), palmejar (palmear), palmetear (meter palmetas) Palmás (n.), Palmaz (top.), palmais (de palmar), palmês (de pés planos), Palmês (top.), palmeis (de palmar) palmeira (palmácea; f. palmeiro), palmoira (palmoura), Palmeira (top. e n.), Palmira (ant. cid. da Palmirena), palmura (palmoira), palmoura (membrana entre os dedos das palmípedes), palomeira (palomar), Palomeira (n.) palmeirim (planta; peregrino), Palmeirim (n.) palmeiro (dum palmo de comprimento; palmeirim), Palmeiro (n.), palmeireiro (dono de palmar), palmegeiro (palmês), palmejeiro (palmegeiro), Palmejeiro (n.) palmela (bisagra), Palmela (n.) palmou (de palmar), Palmou (top. e n.), Palmoi (n.) palombeta (palometa), plumbeta (xaputa), palometa (peixe), palmeta (palmilha; dourada) palpáveis (pl. palpável; de palpar), apalpáveis (pl. apalpável; de apalpar) palpável (manifesto), apalpável (que se pode apalpar) palpebrejar (pestanejar), parpadejar (pestanejar, nalguns dics.) pálpito (palpite; palpitação), palpito (de palpitar), palpite (pressentimento; de palpitar) pampa (planície na América do Sul; cavalo de 2 cores), pampa (f. pampo; apampanado) pâmpalo (pâmpano), pâmpano (parra; peixe; pasmado), pânfano (parte da cana do milho), pampo (pâmpano; peixe), pânfilo (aparvado), Pânfilo (n.), panfílio (da Panfilia) pampaneira (mulher contista), Pampaneira (top. andaluz) pampilho (planta composta; ovas de crustáceos), Pampilho (n.), pampulho (pampilho), Pampilhão ((om) top. e n.) panais (pl. panal), panais (de panar) panal (pano; favo, nalgum dic.), panel (compartimento de bote pesqueiro), painel (quadro), panelo (pequena panela) panar (cobrir de pão ralado; rel. ao pão), panear (varrer), panejar (pintar vestuário) panarício (panariz), panariz (paroníquia), panadiço (panarício), empanadiço (contusão) panasco (panasca), penasco (panascão; rocha, nalguns dics.), penhasco (penha grande) panasqueira (panascal), Panasqueira (top.), penhasqueira (penhascal), penisqueira (f. penisqueiro), peniqueira (mesa de cabeceira onde se guarda o penico) pança (barriga), Pansa (general rom.), pancha (cheia; peixe), panja (medida; de panjar) pancho (gordo; dentão), Pancho (Francisco), panchó (olhomol), panchão ((om) peixe semelhante ao robalo), panchós (pl. panchó; dentão), panchoz (dentão) panco (panca), pango (haxixe), panoco (papa-moscas) pancorvo (grão que se volve negro), Pancorbo (top.) pancrácio (pascácio), Pancrácio (n.) panda (boia; mamífero; pandácea; f. pando; de pandar), Panda (top.) pandar (combar; apandar), apandar (tornar pando; aturar), pandear (inchar) pandaria (de pandar), padaria (panificadora) pândego (amigo de pândegas), pândigo (pândego), pandego (de pandegar) pandegueiro (pândego), pandigueiro (pandegueiro), Pandigueiro (Apalpador), pandugueiro (pessoa que mete em discórdia) pandeira (pandeiro pequeno; de pandeirar), Pandeira (top. e n.), pandeireta (pandeira; de pandeiretar) pandeirada (baile e canto com pandeiros; f. pandeirado), pandeiretada (baile e canto com pandeiretas, nalguns textos; f. pandeiretado) pandeirar (tocar pandeiro, nalguns autores), pandeiretar (tocar pandeireta, nalguns autores) pandeireira (pandeireteira), pandeireteira (tocadora de pandeireta) pandeireiro (fabricante ou tocador de pandeiro), pandeireteiro (tocador de pandeireta), pandeireto (de pouca categoria; de pandeiretar) pandeiro (instr. mus.; de pandeirar), pandoiro (pando) pando (que pandeia; inchado; de pandar), Pando (top. e n.), pandote (que panda), pandota (pandote) pandora (pers. mit.; lutina), pandura (pandora; de pandurar), Panduro (n.), pão duro (côdea) pandorca (peixe; gorda), pandorga (pandorca) paneiro (cesto do pão; vendedor de panos; bancada de barco), Paneiro (top. e n.) panela (vasilha para cozer), Panela (top.) panenteísmo (krausismo), panteísmo (identificação de Deus com o mundo) pangaia (remo; de pangaiar), Pangeia (continente hipotético), Pangeu (monte da Macedónia), pangaio (embarcação; de pangaiar) pange lingua (hino religioso), panjolinha (vilancete; ingénuo), pagelinha (pagela), panjola (cousa de pouco interesse; panjolinha) pângema (furúnculo), pânjuma (tumor) paniar (fazer desaparecer), panhar (apanhar), apanhar (recolher) pânico (terror), panico (pãozinho; de panicar) panjolinhas (pl. panjolinha; panjolas), panjolas (pl. panjola; adulador; apoucado) panjorca (panchorca), panchorca (pião) pânjuma (tumor), panjumina (conto), panjuminha (afago) panjumeiro (que tem pânjumas), panxoneiro (de Panxão), panjoleiro (panjolas), pancholeiro (falangueiro) panoia (boca; de panoiar), panoura (embarcação) pan-óptico (pan-ótico), pan-ótico (que permite visão de todas as partes) panquê (doce de ovos, farinha e manteiga), panqueca (filhó ing.) pantalão ((om) calças; bobo de farsa), Pantaião ((om) top.), Pantaleão ((om) top. e n.), Pantão ((om) top.), Pantom (top.), panteão ((om) templo aos deuses ou heróis), pantalonas (calças) panterlo (armadilha), panterno (panterlo), tramperlo (panterlo) Pantim (top. gal.; n.), Pantim (top. fr.) pantoja (que se assombra de tudo), Pantoja (pintor esp.) pantomima (teatro mudo; pantomina), pantomina (farsa) pantomimeiro (rel. a pantomima; pantomineiro), pantomineiro (irrequieto), pantoneiro (babeco), pantonense (de Pantão) pantorrilha (barriga da perna), panturrilha (pantorrilha), pantorra (pantorrilha) pantrigoso (fino), pantrigueiro (satisfeito; pão terceado) pantufa (pantufo), pantufo (chinelo) pão ((am) alimento), Pão ((am) top. e n.), Pam (n.), pane (parada de mecanismo; de panar), Pã (deus mit.), pá (instr.), Pa (símb. protactínio), pau (estaca), Pau (top. gal. e port.; n. catalão) pão-centeio (pão de centeio), pancenteio (pão-centeio), Pancenteio (top.) pão-trigo (pão de trigo), pantrigo (pão-trigo) pãozinho (dim. pão), panzinho (pãozinho), pauzinho (dim. pau) papa (alimento; de papar; pontífice), Papa (top.) papabelho (castanhas cozidas), papabelo (caldo do dia anterior), papobelho (papabelho) papado (dignidade de papa; pequena quantidade de líquido; de papar), papádego (ant.: papado), papaço (lavadura) papagaio (ave), papagaio (brinquedo em forma de cometa) papai (papá; de papar), papaia (fruto), papai-a (de papar), paipai (leque), paipa (cachimbo), pipa (bocoi) papais (pl. papal; de papar), papaz (sacerdote gr.), paipais (pl. paipai) papa-léguas (andarilho), manja-léguas (papa-léguas) papaleisão ((om) parvo), papalisão ((om) papaleisão, nalguns textos) papão ((am) simplório; (om) comilão; mete-medo), pampão ((am) bobo; (om) pampo) paparoca (paparota), paparota (comelhada) papa-sol (inseto), papa-solim (papa-sol) papasses (de papar), papazes (pl. papaz) papeamento (parolice; papiamento), papiamento (crioulo), papiaçám (crioulo de Macau), papiá (papia kristang, crioulo de Malaca), papagueamento (papagueio) papéis (pl. papel), Papéis (povo da Guiné-Bissau), papeis (de papar) papelaria (conjunto de papéis), papeleira (móvel para papéis; f. papeleiro; cesto dos papéis, nalguns dics.) papelejo (papel sem importância), papeliço (embrulho de papel), papeleiro (rel. a papel), papelório (papelada, nalgum dic.) papem (de papar), Papen (político al.) papiolo (pailaroco), papoilo (de papoilar) papiro (planta), Papírio (pontífice) papo (papada; barriga), papo (de papar) papo-ruivo (pisco), papo-roi (papo-ruivo), papo-roxo (papo-ruivo) papoula (papaverácea; de papoular), mapoula (papoula), papoila (papoula; de papoilar), papoia (joaninha; agulha; painho), papou-a (de papar) papoular (palpitar), papoilar (papoular) papuja (ave; genital f.; de papujar), papanduja (maçã assada) par (parelho; parelha), pare (de parar e parir) para (prep.; apara; de parar e parir), Para (top.), para- (el. designativo do que para), pra (para), prà (pra a) parábase (digressão), parava-se (de parar) parábola (comparança), parábola (curva geom.) paráclito (intercessor), Paracleto (Espírito Sto.), paracleto (mentor) parada (lugar onde se para; f. parado), Parada (top. e n.) Paradanta (top.), Paradanta (n.) paradeiro (paradouro), paradouro (paradoiro), paradoiro (paragem), paredeiro (rel. a parede; pardieiro), parideiro (papuja) paradela (parada), Paradela (top. e n.), Pradela (top.), Padrela (top.), paridela (parto) paradelo (rede de malha), Paradelo (n.), pardelo (pardal) Parafita (top. e n.), parafita (perafita, nalguns dics.), Perafita (top.), perafita (pedra fincada), Pedra Fita (top.), Pedrafita (n.), pedra feita (amuleto pétreo) paráfrase (comentário), perífrase (circunlóquio) parafrasear (fazer paráfrase), perifrasear (fazer perífrase) parafusar (empregar parafuso), parafusiar (parafusar) parafuso (prego com espiga espiral; de parafusar), parafusa (parte superior da roca; parafuso; de parafusar) paragão ((om) comparação), paragona (tipo de letra) Parage (top.), paragem (parada) paragonar (comparar), parangonar (paragonar; nivelar tipografia) paragonáveis (pl. paragonável), paragonáveis (de paragonar) paragueiro (que faz ou vende para-águas), para-agueiro (paragueiro) parais (lados da cortiça; de parar), Parais (top. e n.) Parajuã (top.), Parajuã (n.) paralelo ((é) equidistante em toda a extensão), para lê-lo (para o ler) paralexia (patologia da leitura), paralogia (analogia errada), paralisia (perda de movimento), parálise (paralisia), paralis (pop.: paralisia), paralipse (figura de retórica), perlesia (paralisia) paralíptico (rel. à paralipse), paralítico (que tem paralisia) páralo (navio sagrado de Atenas), para-lo (de parar) paramécia (protozoário), paramesa (parraguesa; f. paramês), paramnésia (memória perturbada) páramo (ermo), Páramo (top. e n.), para-mo (de parar), Parâmio (top.), parâmio (estante), paramão ((am) casa mal construída), paramal (extensão grande), paramial (ermo; paramal) paramos (de parar e parir), Paramos (top.), Parâmios (top.) paraneia (paranoia), paranoia (psicose) paraneico (paranoico), paranoico (que padece paranoia), paranoide (rel. a psicopatia) paranheira (parrumeira; bica), parinheira (encosta) paranho (pedra da lareira; parâmio), Paranho (top.), paranheiro (despojos vegetais) parapeito (muro à altura do peito), parapeto (caseta; santiaguinho) paraplegia (paralisia dos membros inferiores), paraplexia (paralisia que inclui paraplegia) parapraxe (parapraxia), parapraxia (ato falho) parapsicologia (metapsicologia), persicologia (estudo de temas pérsicos) parasita (zângão; de parasitar), parasito (parasita; de parasitar) parasitar (ser parasita), parasitear (parasitar) parastática (coluna decorativa), paratáctica (f. paratáctico), paratática (f. paratático) paratáctico (paratático), paratático (rel. a parataxe) parataxe (justaposição sem conjunção; parataxia, nalguns textos), parataxia (experiências acumuladas na formação da personalidade) paravão ((am) casa algo desfeita), paravante (parte do navio do mastro à proa) paraxismo (de paraxismar), paroxismo (máxima intensidade de doença) parca (f. parco), Parca (a morte), aparca (de aparcar) parçaria (parceria), parceria (sociedade), pareceria (de parecer) parceiro (sócio), Parceiro (top. e n.), aparceiro (parceiro), praceiro (rel. a praça) parcel (baixio), parcele (de parcelar), parcela (pequena parte; de parcelar) parcelar (parcelário; dividir em parcelas), parcelário (parcelado), parceleiro (que possui parcela) parcimónia (calma). parsimónia (parcimónia, nalguns textos) parcíssimo (muito parco), parsismo (religião dos parses) parcómetro (parquímetro), parquímetro (contabilizador do tempo de estacionamento) pardais (pl. pardal), pardaus (pl. pardau), Pardás (n.) pardal (ave; pardento), Pardal (top. e n.), pardau (pardal) Pardavila (top.), Pardavila (n.) pardela (ave), Pardela (top.), Pardiela (top.), pardelha (peixe), Pardelha (n.), pardeja (pardaleja) pardês! (pardeus!), pardeus! (por Deus!) pardieiro (casa pobre), pardinheiro (pardieiro), Pardinheiro (top.), Paradinheiro (n.), Pardinheiros (top.), Pardieiros (top.), Pardieiro (top.), Pradieiro (top.), Pardeiro (n.), paredeiro (rel. a parede; pardieiro), paredense (de Parede e Paredes) pardinhas (pl. pardinha), Pardinhas (top. e n.), Pardainhas (top. e n.), paredinhas (pl. paredinha) pardo (cinzento), Pardo (top. e n.) pardomonte (pardo), pardemonte (pano basto; pardomonte) pardusco (pardacento), parduxo (pardusco, nalguns dics.), pardacento (pardento), pardento (tirando a pardo) parear (medir com párea; emparelhar), pairar (voar sem mover asas), parar (tirar pele de fruta; impedir de andar), pariar (parear) páreas (pl. párea; secundinas; ant. tributo), pare-as (de parar e parir), párias (pl. pária), pairas (páreas; de pairar) parecente (que parece), parecem-te (de parecer) parecia (de parecer), paresia (paralisia; de paresiar), parestesia (alucinações sensoriais), parusia (retorno de Cristo) parede (muro; de paredar), Parede (top.), parê (dial.: parede), parei (de parar) paredeira (f. paredeiro), parideira (em idade de parir), paridoira (muito fecunda), paridura (parto) paredes (pl. parede; var.: pareis; de paredar), Paredes (top. e n.), pareis (de parar), parez (var.: parece), parês (pl. parê), parece (de parecer) pareia (régua; de parear), parei-a (de parar), parelha (par; f. parelho; de parelhar), paria (comparação; descanso; de parir e pariar), pária (casta mais baixa na Índia; ova de raia), párea (régua para medir pipas), pare-a (de parar e parir) pareio (de parear), parei-o (de parar), parejo (pedra horizontal colocada nas paredes), parelho (semelhante; de parelhar), aparelho (ato de aparelhar; arreios), parélio (fenómeno luminoso do Sol), paraélio (hélio em que os spins são antiparalelos) parem (de parar), parem (de parir) parémia (provérbio), paremiologia (estudo de provérbios), paretimologia (etimologia arbitrária), paromologia (figura retórica) parénese (exortação), parêntese (intercalação), parentesia (de parentesiar), parênteses (parêntese; pl. parêntese), parêntesis (parêntese), parentes (pl. parente) parenético (rel. à parénese), parentético (rel. ao parêntese) parentais (pl. parental), Parentais (festas rom.) parente (familiar), Parente (n.) páreo (competição), pare-o (de parar e parir), pairo (ato de pairar e parir) pares (pl. par; de parar e parir), Pares (top.) paresca (jogo), pareça (de parecer) párese (paresia), pare-se (de parar e parir) parestatal (paraestatal), paraestatal (com intervenção do Estado) parestésico (rel. à parestesia), parestético (parestésico) parga (pilha), Parga (top. e n.), Párraga (n.) parguinha (dim. parga), Parguinha (n.) parídeo (pássaro), paride-o (var.: pari-o [imperat.]) paripinulado (com pínulas em pares), paripenado (com folíolos em pares) paris (de parir), Paris (cid.; n.), Páris (pers. mit.) parisino (parisiense), parisiense (de Paris) parladoiro (parlatório), parlatório (locutório), palratório (parladoiro), Parladoiro (top. e n.), palrador (que palra) parlamentar (ref. a parlamento; negociar), parlamentário (que parlamenta), parlamentear (parlamentar) parlenda (parlenga), parlenga (perlenga), perlenga (perlenda), perlenda (parlenda) parma (escudo rom.; de parmar), Parma (cid.) paro (paragem), paro (de parar e parir) pároco (cura), párroco (pároco), párodo (entrada do coro no teatro gr.) paródia (imitação burlesca), parodia (de parodiar) parola (palavra oca; de parolar; f. parolo), Parola (top.) parolar (falar à toa), parlar (parolar), palrar (parlar), parolear (parolar) paroleiro (amigo de parolar), palreiro (paroleiro) parolo (patego), parolo (de parolar) paronomásia (emprego de parónimos), paronímia (qualidade de parónimo), paranomásia (paronomásia) paróquia (freguesia), parróquia (paróquia) paroquiais (pl. paroquial; de paroquiar), parroquiais (paroquiais) paroquiano (freguês), parroquiano (paroquiano), paroquial (rel. à paróquia), parroquial (paroquial) parorase (dificuldade para distinguir a cor), perorasse (de perorar) parótide (parótida), parótida (glândula salivar) parouvela (parola), parouveio (lugar desabrigado) parque (terreno arborizado ou ajardinado; lugar para estacionar viaturas), parqué (sobrado), parquê (parqué), parquete (parqué), parqueta (pedra para o aguilhão do cabaço) parquear (aparcar), aparcar (estacionar) parra (parreira; folha de vide; de parrar), parreira (parral), parreiral (conjunto de parreiras), parral (parreiral, nalguns dics.) parraguês (rel. a Parres), Parraguês (n.) parraguesa (f. parraguês), parraguesa (barbantesa) parrar (criar renovos), parrear (arranjar a parra) parricida (que mata progenitor), patricida (que mata pai) parrocha (xouba; casoupa; perrecha), Parrocha (top.) parromeira (chaminé), parrumeira (parromeira; f. parrumeiro) parrote (parra estreita), Parrote (top.) parrudo (rasteiro), parrulo (pato), parruco (parrulo), parrolo (parrulo) parrugeira (lavradio de sequeiro), parrugueira (pedra detrás da cozinha) Parsifal (ópera de Wagner), Parzival (poema de Eschenbach), Persival (herói bretão), Percival (n. ing.), Perceval (n.) parta (f. parto; de partir), parteira (mulher que assiste aos partos) partabés (ganhador em repartição), partabéns (partabés) parte (porção; comunicação; de partir), Parte (n.) parteira (mulher que assiste aos partos; galho), partureira (parteira) Partenão ((om) templo de Minerva), partenão ((om) ant.: aposento de donzelas), pártenon (partenão), Pártenon (Partenão) participais (pl. participal; de participar), participiais (pl. participial) participal (rel. a particípio), participial (participal) partidarista (partidário), partidista (que segue um partido), partidário (sectário) partidouras (partidoiras), partiduras (pl. partidura), partidoras (pl. partidora), partidoiras (plumas das aves) partidura (repartição), partidora (f. partidor), partitura (partes de obra mus.) partilha (ato de partilhar), parti-lha (de partir) partir (quebrar), partir (ir-se) parto (de partir; da Pártia; parturição), Parto (ant. cid. Ilíria) parva (refeição; f. parvo), párvua (f. párvuo), párvoa (párvua), parveia (de parvear) parvada (feito de parvo), parvoada (gesto com que se aparenta estar pasmado; parvada), parveada (f. parveado), parvalhada (parvada), parveirada (parvada), parvoeirada (f. parvoeirado) parvalheiro (parvalhão), parvoeiro (de parvoeirar) parvalhão ((om) parvo), parvalhão ((am) parvo) parvão ((om) parvo), Parvão ((om) top.) parvidade (pequenez), pravidade (maldade), parvedade (parvidade) parvinho (dim. parvo), parvoinho (parvinho) parvo (apoucado), párvuo (parvo), pravo (perverso), párvulo (pequeno), parviolo (parvo) parvoeirar (proceder como parvo), parvoejar (parvoeirar) parvulez (puerilidade), parvuleza (parvulez) pasça (de pascer), passa (uva seca; de passar), paça (de pacer) pascácio (simplório), Pascácio (n.) pascais (pl. pascal), Pascais (top.), pascoais (pl. pascoal; de pascoar), Pascoais (n.), Pascoaes (poeta) pascal (da Páscoa; do pasto; unid. pressão), Pascal (top. e n.), pascoal (pascal), Pascoal (top. e n.) pasce (de pascer), passe (licença; ato de passar à capa, em tauromaquia; de passar), pace (de pacer) pasces (de pascer), passes (pl. passe; de passar), pazes (pl. paz), Paces (top.), paces (de pacer) pasmo (espanto; de pasmar), pasmão ((om) pasmarolo), pasmarolo (pailaroco), pasmaceiro (pasmaceira) paspalhaço (laverca), paspalhás (paspalhaço), paspalhar (paspalhás), paspalhara (paspalhar), paspalhas (parvo), paspalhão ((am) tolo), paspalhós (paspalhás), paspalho (paspalhão), paspão ((am) pasmão) pasqualim (chimpim), Pascoalinho (dim. Pascoal) passacalhes (marcha popular, nalguns textos), passacorredoiras (passacalhes, nalguns textos) passada (ato de passar; pisada; f. passado), Passada (top.), pazada (pancada), apaçada (f. apaçado) passadeira (alpondra; pear; f. passadeiro), passadoira (passadoura), passadoura (passadeira), passageira (f. passageiro), passadia (comida habitual; f. passadio; desculpa), passadela (passada), passeira (lugar onde secam frutas; f. passeiro) passadiço (passagem), passadio (passadia; passadiço; passageiro), passadista (adepto do passadismo) passadouro (lugar por onde se passa), passadoiro (passadouro), passaduiro (escada com degraus de pedra), passeadouro (lugar por onde se passeia), passeadoiro (passeadouro), passadeiro (levadeiro; sítio para passar), passadelo (passagem estreita) passagear (pontear em forma de rede), passajar (dar passagem em roupa) passagem (passadouro), Passagem (top.), passajem (de passajar), passageiem (de passagear) passais (pl. passal; de passar), Passais (top.), pasçais (de pascer), paçais (de pacer), passaus (passais) passal (poldra), passau (passal), passar (passal; atravessar) passamanaria (obra de passamanes), passamanaria (de passamanar) passamanes (fitas; de passamanar), passa-mãos (corrimão, nalguns dics.), passadalhos (poldras) passante (que passa), passeante (que passeia), passavante (arauto), passeiam-te (de passear) passantio (caminho com muito trânsito), passantia (f. passantio; ofício do passante) passantes (pl. passante), Passantes (top. e n.) passara (de passar), paxara (f. paxaro; vulva; baço do porco) passaram (de passar), passárom (grafia alternativa do pret. perf. passar), passarão (de passar; (om) pássaro grande), Passarão ((om) top. e n.), Passarou (top.), Paxarão ((om) top.) passareiro (passarinheiro), passarinheiro (que vende pássaros), passeiro (que anda a passo), pazairo (pacífico) passarela (passarinho; passagem), Passarela (top. e n.), passarola (passarolo), Passarola (aeróstato de B. de Gusmão), paxarela (baço), paxarola (pâncreas), paxareta (vulg.: cona) passares (passadeiras; de passar), Passares (top.) passarinho (dim. pássaro; de passarinhar), Passarinho (n.), Passarim (top. e n.) pássaro (ave), páxaro (pássaro), Pássaro (n. e top.), Páxaro (top.), Paxaro (top.), paxaro (pássaro), passaro (paxaro) passatempo (entretimento), Passa-Tempo (top. gal. e bras.) passáveis (pl. passável), passáveis (de passar) passear (dar passeio), pazear (desempatar) passeninho (devagar), passinho (dim. passo; suavemente; de passinhar) passional (rel. a paixão; passionário), passionário (livro da paixão), passionista (da Congregatio Passionis), passioneiro (passionário), paixonal (passional, nalguns autores) passível (suscetível), possível (praticável), passável (admissível) passodoble (dança esp.), passodobre (passodoble, nalgum dic.) passota (indivíduo que passa de tudo), passota (fruta passada) pasta (massa; porta-fólio), pasta (de pastar) pastadoiro (lugar de pasto), pastadouro (pastadoiro), pasteiro (pastadoiro; rel. a pasto ou pasta, nalguns textos), pastoeiro (pasteiro), pastueiro (pastoeiro) pastar (apascentar), apastar (pastar), pastear (pastar), pastejar (pastar), apastoar (empabelar) pasteira (estaca; f. pasteiro), pastadeira (parte inferior dos beiços da vaca) pastéis (pl. pastel), pasteis (de pastar) pasteurela (bactéria), pastorela (canção trovadoresca) pastiche (pasticho), pasticho (imitação grosseira) pastinaca (pastinaga), pasteca (moitão), pastinaga (bisnaga) pastor (pegureiro), Pastor (n.) pastorais (f. pastoral; de pastorar), pastoris (pl. pastoril) pastoral (ref. a pastor), pastoril (bucólico) pastorar (pastorear), pastorear (apascentar), pastorejar (pastorear) Pastoriça (top. e n.), pastorícia (ofício de pastor), pasteuriza (de pasteurizar), pastorinha (dim. pastora; lavandisca), pastorazinha (dim. pastora) pastorzinho (dim. pastor), pastorinho (pastorzinho) pastrã (pastrana), pastrana (f. pastrano), Pastrana (n.) pastralhada (chafalhada), pastranhada (pastralhada) pastrão ((am) desleixado), pastrano (rel. a pastor; pastrão) pata (pé de alimária; f. pato), Pata (top. e n.) pataca (batata; pataco; f. pataco), pataco (patacão; paifoco), petaca (peixe), petanca (jogo) patacada (abundância de patacas), patacoada (disparate), pataqueirada (parvada) patacão ((om) ant. moeda), Patacão ((om) top. port.), patagão ((om) patagónio), patagónio (da Patagónia) patacho (embarcação), patágio (membrana da asa do morcego) patamal (patamar), patamar (relanço), patamela (cogumelo) patão ((om) pato; tamanco), Patão ((om) n.), patau (parvo), patã (rústico; afegã), patan (patagão), patane (patã) pataqueiro (batateiro), batateiro (batateira; que gosta de batata), patacoeiro (dial.: mentireiro) pataranha (choupa; patranha), patranha (peta) patareio (patamar), patareu (patarano) patear (bater com as patas), patejar (andar como os patos), patujar (remexer a água com os pés), batujar (patujar) pateia (de patear), pateja (de patejar) pateira (gaiola), Pateira (top. e n.) pateiro (que se ocupa de patos), Pateiro (n.), poteiro (pateiro; oleiro) patela (cesta plana; osso; lapa; f. patelo), Patela (top.), padela (tacho), Padela (n.) patel (chefe na Índia), Patel (n.), patelo (crustáceo; erva; chato), Patelo (top.), patolo (dial.: desajeitado), Patolo (top. e n.), Pactolo (rio da Lídia), patarolo (de pernas curtas), patulo (de patular), pantolo (beta azulada), petolo (sacho) patena (lâmina que cobre o cálice), patina (de patinar), pátina (oxidação da tinta), pátena (patena) patência (qualidade de estar desobstruído), patença (solho) patentizar (patentear), patentear (dar ou ser patente), patentar (patentear, nalguns dics.) patera (escápula), pátera (taça rom.), pateira (gaiola; f. pateiro), patejeira (rede do patejo), poteira (aparelho para pescar potas), pouteira (poteira) patim (pátio pequeno; aparelho para deslizar sobre o gelo), patine (de patinar), potim (escada exterior; patim) patinar (escorregar; produzir pátina), patinhar (chafurdar) patines (de patinar), patins (pl. patim) patinete (patineta), patineta (trotineta) patinha (dim. pata; f. patinho), patinha (de patinhar) patinho (dim. pato; de patinhar), Patinho (n.), patinzinho (dim. patim), patiozinho (dim. pátio) patoá (gal.: gíria), patuá (patoá; patiguá), patiguá (cesto das redes) patofo (ancho e pequeno), patoufa (bochecha), patoujo (rechonchudo) patógeno (patogénico), patogénico (rel. à patogenia) patola (patela; f. patolo), petola (sacho plano), patula (de patular), patoula (corvo marinho) pátria (terra natal), pátria (f. pátrio) patrício (fidalgo), Patrício (n.), patrúcio (patrão), petrúcio (patrúcio), petrúzio (petrúcio), patriota (que ama à pátria), Patriota (n.), patriano (pescador com embarcação própria; patriota), pátrio (rel. à pátria) patronado (patronato), patronato (patrocínio) patrúcia (f. patrúcio; patruça), patruça (peixe) patrucial (rel. a patrúcio), petrucial (petrucial), Patricial (n.) patruicídio (assassínio do tio paterno), patricídio (assassínio do pai), parricídio (patricídio) patumeiro (encharcado), pentumeiro (parrulo) pauis (pl. paul), Pauis (top. e n.), paúlos (pl. paúlo) paul (pântano; religioso de S. Vicente de Paulo), Paul (top. e n.), Paulo (n.; S. Vicente de), paúlo (agulha do pinheiro), paolo (baço do porco), palude (paul) Paula (top. e n.), Paula (S. Francisco de) paulina (f. paulino; excomunhão), Paulina (n.), paulinha (paulina), Paulinha (dim. Paula) paulino (ref. a S. Paulo), Paulino (n.), Paulinho (dim. Paulo; n.) paulismo ((a-u) estilo criado por Pessoa), paulinismo (doutrina de São Paulo) paulista (do Estado de São Paulo; adepto ao paulismo), Paulista (top.), paulistano (da cid. de São Paulo) pausadamente (com pausa), pousadamente (pausadamente, nalguns autores) pausar (descansar), pousar (fazer descansar) pausinho (pausadamente), pauzinho (dim. pau) paussanto (pau-santo), pau-santo (pau-preto), pai-de-santo (responsável do culto dos orixás), palissandro (madeira exótica) pausso (inseto), Pausso (n.), pauso (de pausar) pautais (pl. pautal), pautais (de pautar) pavão ((om) galinácea; puvela), Pavão ((om) n.), pabão ((om) candião) pavear (apanhar espigas na leira), pavejar (reunir em paveias), pavonear (enfeitar), pavonar (foscar o ferro) paveia (feixe; de pavear), pavoa (f. pavão), pavona (de pavonar), pavoneia (de pavonear), pavana (dança), paveja (de pavejar), pavesa (pavio; f. pavês; de pavesar), pavisa (pavesa), pivisa (pavesa), povisa (pavesa), puvisa (pavesa), pavuja (pavisa), pavia (pêssego), Pavia (top. e n.), Paiva (top. e n.) pavês (escudo), pavese (de pavesar) paviais (pl. pavial), paveais (de pavear) pavilhão ((om) barraca), pavilão ((om) pantomimeiro) pavoeiro (edifício velho), paveiro (rejouveiro), Paveiro (n.), pavieiro (pavieira), pabeiro (paveiro) pavuriar (tremar de frio), bavuriar (pavuriar) páxara (f. páxaro; paxara), Páxara (top.) pazinha (dim. pá e paz), Pazinha (n.) pazinhas (pl. pazinha [pá]), pazezinhas (pl. pazinha [paz]) pê (letra), pé (extremidade; dinheiro da compra de gado a meias), Pé (top.), PE (Pernambuco) peada (pegada; f. peado), piada (piado; dito engraçado) peado (pendente; lento; de pear), piado (de piar) peadoiro (dispositivo que para o moinho; comporta do moinho; peadouro), peadouro (lugar onde se peiam cavalgaduras) peal (escarpim), pealha (correia do pêrtego), pialha (peça que une as cangalhas), peanha (pedestal), pial (assento à janela na casa) peã (hino gr.), peão ((om) que anda a pé; eixo do cabrestante), Peão ((om) top. e n.), Pião ((om) top.), pião ((om) brinquedo que gira), peoa (f. peão), peona (peoa), peónia (planta; f. peónio), Peónia (ant. região gr.; n.), peonia (peónia), piona (pionça), pionça (piãozinho), péon (pé de verso gr.), peónio (rel. à Peónia), peónico (rel. ao péon), piom-piom (quenquém) pear (pejar; poio), piar (dar pios; pilar), Piar (n.), pilhar (apanhar) peares (pl. pear; de pear), Peares (top.), piares (de piar; pl. piar), apeares (de apear; apeadoiras) peça (parte; de pedir), pesa (pesada; de pesar), pida (ato de pedir; var.: peça) pecadento (que peca), pecante (pecador) pecador (pecadento), picador (que pica) pecar (transgredir a lei religiosa; tornar-se peco), picar (ferir com objeto aguçado; bicar), apicar (dar 1ª sacha) peças (pl. peça; de pedir), pesas (pl. pesa; de pesar), Peças (top.) pechada (embate; f. pechado), peixada (iguaria de peixe), pejada (f. pejado; grávida) pechador (fechador), fechador (que fecha), pechadoiro (tranca para pechar), pejadoiro (peja), pejadouro (pejadoiro) pechar (fechar), pejar (impedir), pichar (deitar líquido por picho; aplicar piche), apichar (provocar; acovardar) peche (pecho; pechado), pecho (fecho; cerrado; de pechar), pexe (peixe), peje (de pejar) pechouche (pessoa desleixada), pechou-che (de pechar) pecinha (dim. peça), Pecinha (top.) peco (definhamento; estiolado; gordura da lã), peco (de pecar) peço (de pedir), pécio (entumecido), pêzio (da cor do pez) peçonha (veneno), poçonha (ant. e pop.: peçonha), pençonha (poçonha), poçoia (pop.: poçonha), peçoia (píntega), peçolha (píntega), peçoira (cobra) peçonhoso (peçonhento), peçonhento (que tem peçonha), pençonhoso (peçonhoso) pecúlio (cabedal), pecúnia (dinheiro), pecúmia (praga) pedado (rel. a órgãos foliáceos paralelos), apedado (de apedar) pedágio (portagem), peagem (pedágio) pedais (pl. pedal), peidais (de peidar), pidais (var.: peçais), pedales (de pedalar) pedal (peça de máquina que se move com o pé), Pidal (n.), pedale (de pedalar), podal (rel. ao pé) pedâneo (regedor ou juiz rural), pedanho (pedâneo), peanho (parte inferior do navio), pedâmio (pedâneo), pedão ((om) ferramenta para podar), podão ((om) podadeira grande) Pedeboi (n.), Pé-de-boi (top.), pé-de-boi (planta) pedichão ((om) pedinchão), pedinchão ((om) pedincha), pedinhão ((om) pedincha), pidichão ((om) pedinchão), pedicha (pedinte; de pedichar), pedixa (mendicidade), pedija (de pedijar), pedincha (pedicha; de pedinchar), pedim-cha (var.: pedi-ta), pidicha (pedicha), pedicheiro (mendigo), pidicheiro (pedicheiro) pedichar (pedir com insistência), pedinchar (pedichar), pedijar (pedichar), pedinhar (pedichar), apedinhar (pedinhar), pianchar (pedinchar), pianjar (pianchar) pedim (var.: pret. perf. pedir), pedem (pres. pedir), pedi (pret. perf. e imperat. pedir) pedimento (petição), petição ((om) ato de pedir) pedim-te (var.: pedi-te), pedinte (que pede) peditório (ato de pedir), petitório (ref. a petição), pedoiro (tira de badana) pedologia (estudo da infância; edafologia), pedagogia (ciência da educação), podologia (tratado dos pés) pedómetro (podómetro), podómetro (conta-passos) Pedraça (top. e n.), pedraça (de pedraçar), pedraço (saraiva; pedras), pedrácio (pedraço), pedriço (pedraço, nalguns autores), pedrisco (pedriço), pedrada (pedraço, nalguns dics.), pedranço (terreno cheio de pedra), peraça (maçã de pereira enxertada), pedraga (ant.: podagra), Pedraga (n.) pedra-moa (pedra-mole), pedra-mole (pedra mole), Pedra Mole (top.), Pedramol (marca comercial de abrasivo), pedra-molense (rel. a Pedra Mole) pedra-ume (alume), pedra lume (pederneira), Pedra Lume (top.) Pedre (top.), Petre (top.), Pidre (top. e n.) pedregal (lugar de pedras), Pedregal (top. gal.), Pedrógão (top. port.) pedregosa (f. pedregoso), Pedregosa (top. e n.), Pedragosa (top. e n.) pedregoso (cheio de pedras), Pedregoso (top.), Pedragoso (top.) pedregulhento (pedregoso), pedraguento (pedregoso), pedrulhento (que tem pedras), pedranhento (pedrulhento) pedregulho (pedra grande), Pedregulho (top.), Pedrulho (top. e n.), pedrulho (cascalho), pedragulho (pedregal), pedrugalho (cantos rodados), pedraguço (penedal), pedregaço (pedraço), pedreguiçado (fraga) pedreia (prémio de consolação), pedreja (galinha pedresa), pedreira (canteira), Pedreira (top. e n.), pedraceira (saraivada), pedranceira (montão de pedras), pedraira (pedrairo), pedraria (conjunto de pedras; de pedrar) pedreiro (que trabalha na pedra), Pedreiro (n.), pedrairo (árvore), Pedreu (top.), pedreito (pedra vertical), pedrento (com aparência de pedra), pica-pedreiro (pica-pau, nalgum dic.; pedreiro, nalgum dic.) pedrês (preto e branco), pedreis (de pedrar), pidrês (pedrês) pedriça (pedraça), pedresa (cereija substanciosa; f. pedrês, nalguns dics.) pedrido (sítio em que abundam pedras), Pedrido (n. e top. gal.), Perdido (top. esp.), perdido (de perder) pedrinha (dim. pedra), Pedrinha (top.) pedro (pedrolo; de pedrar), Pedro (n. e top.) pedrol (coleóptero), pedrolo (pedrão; ervilha), Pedrolo (n.), pedroilo (fava com pintas), pedroulo (pedaço de pedra), pedrelo (pulgão) pedrosa (f. pedroso), Pedrosa (top. e n.), Pedrousa (n.), Pedrouça (top.) pedroso (pedregoso), Pedroso (monte; n.), pedrouço (pedranceira), Pedrouço (top. e n.), Pedrouso (top.), petroso (pétreo), Padroso (top.) peeira (ulceração), peira (pé do feijão), pieira (piado; peeira) peeiro (peadouro), Peiro (top.), Pieiro (top.), pieiro (que pia), piério (rel. às musas) pega ((ê) pássaro; peja; pegada; pelho; de pegar), Pega (top.), piega (peja; pega) pegada (vestígio que deixa o pé; f. pegado), peugada (pegada) pegade (var.: pegai), Pegade (top.) pegais (pl. pegal), pegais (de pegar) pegajoso (pegajento), pegajento (pegadiço), pegachoso (pegadiço), pegachiço (pegadiço), peganhento (pegadiço), peganhiço (pegadiço), peganhoso (sovão) pega-marça (gaio), pega-marcenha (pega-marça) pegamassa (planta), pegamasso (massa para pegar) pegão ((om) emplastro; que se apega), pegão ((om) pé-de-vento; pego grande) pegar (colar; agarrar), Pegar (top.), apegar (pegar; (è) meter no pego), Apegar (top.), empegar (colar; aplicar pez) pegarela (pegarola), pegarola (pop.: pega) pegáseo (rel. a Pégaso), pegasse-o (de pegar) pégaso (cavalo alado), Pégaso (constelação) pego ((ê) macho da pega; variedade de milho; (é) fundal dum rio; pequena refeição; tripa; ind. [e particípio bras.] de pegar), Pego (top. e n.), piago (pego), pélago (profundidade) pegões (pl. pegão), pegóis (pl. pegol) pegol (emplastro), pegolho (pé de hórreo), pegulho (pecúlio), peguilho (que pega; conduto) pegota (mentira), pegote (cousa espessa; chitão), pegoto (chitão) pegureiro (que guarda gado), pegueiro (que vende pez), pigoreiro (enchido de porco), pegoreiro (pigoreiro), pogoreiro (pigoreiro), pogureiro (pigoreiro), pigureiro (pegureiro), pegural (pastoril) peideiro (que peideia), peidorreiro (peideiro) peirado (terraço), peirao (peirão, nalguns dics.), pirao (peirao), peirão (porto; presa; pilar), Peirao (n.), Peirau (n.), peirau (perau; peirão), pirau (peirau), Peiraio (top.), Pedraio (top. e n. gal.), Pedralho (n. port.), Pedralhos (top. port.), Pedranho (n.), Peiraios (top. gr.) peita (suborno; peleja; de peitar), apeita (apeitar) peitar (dar peita), apeitar (carregar com um incómodo), peitear (pentear), pentear (passar pente), pentelhar (importunar), pentenejar (remexer-se), pieitar (peitear) peiteio (de peitear), penteio (de pentear), peitei-o (de peitar) peiteira (mealheiro), peitogueira (tosse), peitugueira (mulher com muito peito) peiteiro (que dá peita), penteiro (penteeiro), penteeiro (que faz pentes), pentieiro (penteeiro), peiteeiro (peiteiro), peteiro (bico; de peteirar), Peteiro (n.) peiteeiros (pl. peiteeiro), Peitieiros (top. e n.), Peiteiros (top.), peiteiros (pl. peiteiro), peteiros (pl. peteiro), penteeiros (pl. penteeiro), pentieiros (pl. pentieiro), penteiros (pl. penteiro) peites (pl. peite; de peitar), Peites (top.), pentes (pl. pente), Pentes (rio e top.) peito (mama; de peitar), Peito (top.) peitoral (do peito), peitoril (parapeito), pectoral (peitoral), petril (coluna baixo a chaminé), pretal (correia que sujeita a montura) peixe (vertebrado aquático com brânquias), Peixe (n.), pexe (peixe) peixe-do-polho (peixe-polho), peixe-polho (peixe-bobo) peixeiro (que apanha ou vende peixe), Peixeiro (n.), Pexeiro (n.) peixe-pica (bleniídeo), peixe-piça (peixe-rei) peixota (pescada), pexota (peixota), peixote (peixe mediano), pexote (novato), pesote (coati, nalgum texto), Peixoto (n.) peja (impedimento; de pejar), pecha (defeito; f. pecho; de pechar), peia (peja; de pear), pelha (baga da abrótega), penlha (pelha) pejo (acanhamento; de pejar), pecho (fecho; cerrado; de pechar), peio (de pear), Peio (rio), peu (pimpim) pela (f. pelo; bola; casca; de pelar), Pela (top.), penla (peça do tear; pela; penle), paenla (freio do cavalo), pénula (manto rom.; f. pénulo), penela (outeiro), Penela (top. e n.) pelagem (pelame), pelame (curtume; cabelame), Pelame (top.), pela-me (de pelar), pelâmio (pio para curtir peles), pelamo (pelâmio), pelugem (pelo fino), penugem (pelugem), penujem (de penujar) pelágico (rel. ao mar alto), pelásgico (rel. aos pelasgos) Pelágio (n.), pelalho (peixe), plágio (apropriação), plagio- (oblíquo), pelasgo (ant. povo), Pelasgo (n.) pelangrão ((am) pelandrão), pelandrão ((am) pobre ou desprezível) pelão ((om) pelote; camarão), pilão ((om) mão do gral; pórtico; pia), pilone (pilão), pílone (portada de monumento egípcio) pelar (esfolar; escaldar), pilar (calcar; coluna), depilar (pelar), expilar (pilhar) pelaria (peletaria; de pelar), peletaria (ofício de peleteiro) pelas (pl. pela; de pelar), Pelas (n.) peldracha (pelgacha que se tira do porco), pelgacha (carne fraca e emagrecida) pele (epiderme; de pelar), Pele (ant. cap. Macedónia; rio port.), pel (var.: pele), Pel (n.), penle (extremo do eixo; panal) pelegrim (peregrino), Pelegrim (n.), pelengrim (pop.: peregrino), peregrino (romeiro; seláquio; falcão; de peregrinar), Peregrino (n.) pelei (de pelar), pelém (enfermiço; dial.: pelei) Peleias (pers. mit.; top. port.), pelei-as (de pelar), peleias (de pelear; pl. peleia), Pélias (rei de Iolco), pelejas (pl. peleja; de pelejar), pelelhas (pl. pelelha) peleiro (que prepara ou vende peles), peleteiro (peliqueiro), Peleteiro (n.), peloteiro (que fabrica ou vende pelotas), peliqueiro (peleiro; mascarado com pelica), peluqueiro (peruqueiro, nalguns dics. e autores), piliqueiro (folgazão), peruqueiro (simpático; árvore que dá perucos; que prepara ou vende perucas) pelejante (que peleja), pelejão ((om) pelejador), pelelhão ((om) folgazão) pelejar (brigar), pelear (pelejar) peleu (rel. a Pelas), Peleu (pers. mit.; top.) pelho (pelha; telho), pelhote (filhoa de sangue), peiote (mescal), Pelhe (rio) pelica (pele), peliça (vestido de peles), pilica (pelica), pileca (cavalo fraco), pelhiço (ouriço da castanha), peleja (pugna; de pelejar), Peleja (top.), pelelha (pelica, nalguns dics.), pelelho (pelica, nalguns textos), felelho (pele do bago), pelejo (de pelejar; pelica), pelego (pelejo), peleio (pele áspera de peixes), pelei-o (de pelar), peleia (peleja), pelei-a (de pelar), peleia (peleja; f. peleu; de pelear) pelicão ((om) hipericão), pelicano (ave aquática) pelição ((om) grande peliça), polição ((om) polimento) pelítico (rel. a pelito), político (rel. à política) pelito (silte), pelito (pelinho) pelitre (píretro), pelintra (pobre pretensioso), peletre (telho), peltre (liga de zinco, chumbo e estanho) pelo ((ê) cabelo; polo; de pelar; (é) pela; paielo), penlo (pela de manteiga), penelo (penela) peloso (peludo), piloso (pubescente) pelota (bola; em -: nu), pelote (peliça; em -: nu), peloto (pelote; em -: descoberto), pilota (cansaço; de pilotar), pilote (de pilotar) pelotas (pl. pelota), Pelotas (top. e n.) pelourinho (coluna), Pelourim (top.), Pelourinho (top.) peluche (pelúcia), peluge (pelugem, nalgum dic.), pelúcia (felpudo), Pelucha (n.), Pelocha (n.), Pilocha (n.) pena (castigo; pluma; penedo; de penar), Pena (top. e n.) Pena Abade (top.), Penabade (n.) penacho (penas na cabeça), penecho (pedaço de algodão), Pencho (n.) Pena Cova (top. gal.), Penacova (top. port.) penada (traço de pena; f. penado), pinada (ato sexual; f. pinado) Pena d’Auga (top.), Pena d’Águia (top.), Pena d’Aiga (top.) penades (var.: penais), penates (deuses do lar) penado (que tem penas; penas do rodízio; que sofre castigo), pinado (com penas; de pinar) Penaforte (top. e n.), Penhaforte (S. Raimundo de), Penhafort (n.) penagalho (penedo), penalho (penagalho; penujo), pinalho (cabeçalha), pináculo (parte mais elevada), piáculo (sacrifício) penais (pl. penal; de penar), peneis (de penar), penes (pl. pene; de penar), pénis (órgão genital m.; pl. péni), penis (pl. penil), penins (pl. penim), penóis (pl. penol) penal (rel. a pena; parede mestra; torna-águas), Penal (top.) Penalapa (top.), Pena-Lapa (n.) Penalonga (n.), Pena Longa (top.) penálti (penalty), pênalti (penálti) Penalva (top.), Penalva (n.) Pena Maior (top.), Penamaior (top.), Penamaor (n.) penante (chapéu; lit.: que pena), pinante (que pina; fodedor), pinador (martelo que aperta pinas) penão ((om) bandeira; pluma), Penói (top.), penol (ponta de verga) penar (sofrer pena), penalizar (causar pena), pinar (cravar pino; larapiar; copular; furtar), Pinar (top.), apenar (causar pena; impor pena), apinar (empinar), alpinar (apinar) Penaranda (top. e n.), Penharanda (n.), Pinharanda (n.) Penarredonda (n.), Pena Redonda (top.) penas (pl. pena; de penar), Penas (top. e n.) penascoso (pedregoso), Penhascoso (top.) Penavelha (n.), Pena Velha (top.) penca (manchinha na cute; folha carnosa; maçadoira), penca (de pencar) pence (pl. péni; de pençar), pense (de pensar) pencha (perrencha), pênchoa (sinal), pincha (de pinchar), penacha (pendanga), penachã (terreno plano), Pena-Chã (top.) penchado (pênchoa), pinchado (de pinchar) pendão ((om) bandeira; pondão), Pendão ((om) top.), pondão ((om) flor do milho; pendão) pendelho (alpendre; brégolas), Pendelho (top.), pendeio (de pendear), pendalho (chambaril), pentelho (guedelha de lã; pelo do pube; rolha; pessoa insistente; de pentelhar), pintelho (espécie de pintassilgo; pentelho), pendulho (pedra nas redes), pontelho (pontelha), pontilho (pontilha) pende-lo (de pender), pêndulo (pendente de oscilação regular), pêndula (pêndulo), pêndolo (madeiro que faz o ponto do telhado) pendência (contenda), pendência (inclinação) pendente (que pende), pendente (brinco) pendericalho (penduricalho), penduricalho (pingente), penderucalho (penderico), penduralho (penduricalho, nalguns textos) pendim (tocar o-: abandonar as obrigas; var.: pendi), pendi (de pender) pendoar (apendoar), pendular (rel. a pêndulo; mover-se como pêndulo), pendural (asna), pendurar (suspender), pendolear (falar e não fazer) pendorada (série de pendores), Pendorada (top.), pendurada (f. pendurado) pendores (pl. pendor), pendures (de pendurar) pendurais (pl. pendural), pendurais (de pendurar) pene (pénis; pence; de penar), Pene (top.), pem (cavilha), péni (pence), penim (sementes com grão de centeio) penechaira (peneplanície), peneplanície (quase planície), peneplano (peneplanície, nalgum dic.), penichão (peneplanície), penichã (pena chã), penichense (de Peniche), penicheiro (penichense), penisqueiro (que penisca) peneco (peneque), peneque (borracho), penique (de penicar; esp.: péni), penico (urinol; chisco; de penicar), pénico (púnico), pícnico (tipo humano), pinico (penico; pico; de pinicar), pínico (rel. a pinheiro), penco (pileca), pengo (penço), paneque (bêbedo), panete (tanga; cachaça), Panete (n.), pane-te (de panar), panique (de panicar), taneque (peneque) peneda (grande penedo), Peneda (top. e n.), Pineda (top. e n.), Penida (top.) penedão (aum. penedo), Penedão ((om) top. gal.), Penedono (top. port.) penedento (penedoso), penedoso (rochoso) penedo (rocha), Penedo (top. e n.), Penido (top. e n.), Penedo (n.) Penedões (top.), penedões (pl. penedão) peneireira (ave), Peneireira (top.) peneireiro (que fabrica ou vende peneiras; pineireiro), Peneireiro (n.), peneirento (vaidoso), peneireio (voo agitado), pineireiro (ave de rapina) peneiro (peneira grande; de peneirar), Peneiro (top.), Pineiro (n.) penelas (pl. penela), Penelas (top. e n.), penlas (pl. penla) peneleiro (terreno com penelas), paneleiro (vendedor de panelas), penelense (de Penelas) Penélope (n.), penélope (esposa fiel) penetrais (arcano), penetrais (de penetrar) Peneu (rio da Tessália), pnéu (pneumático), pinéu (pássaro) penhor (garantia), Pinhor (top.) penica (arume; de penicar), pinica (penica; penico; de pinicar) peniça (lugar rochoso), Peniche (top. gal. e port.; n.), Piniche (top. e n.), Peniz (top. gal.), penisque (de peniscar), pinisque (de piniscar) peniforme (que tem forma de pena), piniforme (que tem forma de pinha) penina (clorite; f. penino), peninha (dim. pena), pinina (extrato de seiva de pinheiro) Penino (top. e n.), Penim (top. e n.), penino (rel. aos Peninos), peniano (rel. ao pene) peniscar (beliscar; barruçar), piniscar (peniscar), penicar (peniscar) penisco (pinhão; de peniscar), Penisco (top. e n.), pinisco (extremidade) Peníscola (top. gal.), Penhíscola (top. Castelhão) penitenciaria (tribunal eclesiástico), penitenciária (cadeia celular; f. penitenciário) penitenciário (penitencial), penitencieiro (membro da penitenciaria) peno (pénulo; de penar), pénulo (cartaginês), penol (ponta da verga) penosa (f. penoso; galinha), penoia (folha do cereal que se depena) penoso (que causa pena), Penoso (top.), Penouço (top. e n.), pinoso (costento) penosos (pl. penoso), Penouços (top.) penouco (penedo), Penouco (top.), penougo (pedra tosca) penoucos (pl. penouco), Penoucos (top. e n.) pensa (f. penso; de pensar), pença (de pençar) pensado (meditado; que se lhe deu o penso; de pensar), Pensado (n.), pençado (de pençar) pensão ((om) renda temporal ou vitalícia), penção ((om) peção, num dic.) pensar (cogitar; aplicar curativo), apensar (juntar em apenso), pençar (torcer), penciar (inclinar-se pelo seu peso) penseis (de pensar), pênseis (pl. pênsil), penceis (de pençar) pensionar (dar pensão), pensionário (rel. a pensão; pensionista), pensioneiro (que paga pensão), pensionista (que recebe pensão), pensionato (internato), pensionado (que tem pensão; de pensionar) penso (alimento de animais; curativo; de pensar; inclinado), Penso (top.), Penzo (top.), penço (desnivelado; de pençar), pêncio (com um ombro mais alto que o outro; penço) pentagrama (pauta mus. de 5 linhas), petagrama (1015 gramas), pentacórdio (pentacordo), pentacordo (ant. lira de 5 cordas) pentâmero (de 5 divisões), pentâmetro (verso de 5 pés) pente (instr. dentado para alisar cabelo), peite (pente; de peitar), pieite (peite), pende (pente; de pender) penteado (de pentear), Penteado (n.), Peiteado (n.), peiteado (de peitear), pentelhado (de pentelhar) penugem (penas), pelugem (pelos), penujo (penuja; de penujar), penuja (penica; de penujar), penujem (de penujar), penucho (corucho do pão), penuço (penego; em-: em pelo) penugento (com penugem), penujoso (penugento) Penzol (top.), Penzol (n.) peões (pl. peão), piões (pl. pião), piós (peia) peolho (pulga), piolho (parasito) peonal (pedonal, nalgum dic.), peonil (pedonal, nalgum dic.), pedonal (rel. a peão) peoneira (pioneira), pioneira (arte de pesca; f. pioneiro) Peor (monte de Moab), peor (pior, nalguns autores), pior (mais mau), piore (de piorar; pop.: pior), Piore (n.) peperete (peperetada), peperito (rocha; de peperitar), piperete (peperete), piparote (golpe com o dedo médio; pop.: pipote; cascudo), pipote (pipo), peperote (grumo), peterete (governicho), pipo (pipa pequena) Pepetela (n.), pepetilha (clítoris) Pepim (top.), pepino (fruto do pepineiro), Pepino (rei fr.), Pepinho (pop.: dim. Pepe) pequeira (cômoro), Pequeira (top. e n.), pequeneira (f. pequeneiro), piqueira (parte dianteira da albarda) pequenez (pequeneza), pequinês (de Pequim), pequenice (ninharia), pequeneza (qualidade de pequeno), pequeninez (pequenez), pequice (tolice) pequenino (muito pequeno), pequeninho (pequenino), pequeneiro (pequenote), pequenote (um tanto pequeno) pequeno (de pouca extensão), Pequeno (top. e n.) pequerrecho (pequerrucho), pequerrelho (pequerrucho), pequerrucho (pequecho), pequecho (pequenecho), piquicho (pequecho) Pequim (cap. China), Piquim (top. gal.) pera (ant.: para; ((ê) fruto; (é) ant.: pedra), peira (pé do feijão), Peira (top.), Pera (top.) peral (rel. a pera; pereiral), Peral (n.), perau (linha da margem do rio), perão ((om) fruto do escalambrão; pera grande), pirão (papa), Perón (fundador do peronismo) perambular (deambular), preambular (em forma de preâmbulo; fazer preâmbulo) perbelejeiro (que perbeleja), perbelejadeiro (perbelejeiro) percais (pl. percal), percais (de perder) percatar (pop.: precatar), precatar (acautelar) perceba (percebe; de perceber), perfeba (pestana) percebada (comida de percebes, nalguns textos), percebida (f. percebido) percebe (molusco; de perceber), perceve (percebe), precebe (percebe), precebre (precebe), pecebe (percebe) percebeiro (mariscador de percebes), percebelheiro (percebeiro furtivo, nalguns textos) perceber (compreender), aperceber (enxergar) percebera (de perceber), persevera (de perseverar), percebeira (f. percebeiro) perceção ((om) ato de perceber), percepção ((om) perceção), aperceção ((om) intuição), apercepção ((om) aperceção) percecionar (ter perceção), percepcionar (percecionar) percecionismo (intuicionismo), percepcionismo (percecionismo) percentis (pl. percentil), percentuais (pl. percentual), pressentis (de pressentir), persentis (de persentir) percetível (percebível), perceptível (percetível), perfetível (que se pode aperfeiçoar), percebível (que se pode perceber) percetivo (que percebe), preceptivo (precetivo), precetivo (que tem preceito), perceptivo (percetivo), perfetivo (que perfaz) percevejo (inseto), percevelho (percevejo), percebelho (percevelho), percebelha (percebe-da-madeira), percevelha (percevelho) percha (guta-percha; vara comprida), perche (sedela de pescar) pércidas (percídeos), perseidas (persêiades), perseidade (qualidade de existir de per si), percídeos (peixes), persêiades (estrelas) perculso (abalado), percurso (o percorrido), percluso (paralítico) percussão ((om) pancada), precursão ((om) antecedência) percussor (percutidor), percutor (percussor), percursor (que percorre), precursor (que precede), percutidor (que percute) perda (extravio; var.: perca), perca (peixe; extravio; de perder) perdição ((om) ruína), predição ((om) vaticínio), prodição ((om) traição) perdigão ((om) macho da perdiz; perdigoto), Perdigão ((om) top.), perdigoto (cria da perdiz), perdigocho (perdigoto) perdigueiro (que caça perdizes), perdigoteiro (perdigueiro) perdizes (pl. perdiz), Perdizes (top.), predizes (de predizer), perdesses (de perder) perdoáveis (pl. perdoável), perdoáveis (de perdoar) perdoes (de perdoar), perdões (pl. perdão) Perdouro (top.), perduro (de perdurar) perduração ((om) ato de perdurar), perdurança (ant.: perduração) pereba (sarna), pereva (pereba) perecedoiro (mortal), perecedouro (perecedoiro), perecedeiro (perecedoiro) peregrina (f. peregrino; de peregrinar), Peregrina (top. e n. de padroeira), pelegrina (f. pelegrim; de pelegrinar) peregrinagem (peregrinação), peregrinação ((om) ato de peregrinar), pelerinagem (gal.: peregrinação, nalguns textos) pereira (que dá peras), Pereira (top. e n.), peraceira (árvore de peraças), peroeira (escambroeira) pereiro (que dá peros), Pereiro (top. e n.), Pereiró (top.), Pereiroá (top.), Pereirão ((om) top.), pereirense (do Pereiro) perempção ((om) perenção), perenção ((om) ato de perimir) peremptório (perentório), perentório (terminante) perendelho (ponta da gorra), perelho (o demo), perendengue (que pendura), perindengue (perendengue), prindengue (cousa pendente) perene (perpétuo), pereno (temerário), perenal (perene) Peres (top. e n.), Pires (n.), pires (pratinho; reles; de pirar), Perez (n. bíbl.) perfazeis (de perfazer), prefacieis (de prefaciar) perfectibilidade (perfetibilidade), perfetibilidade (qualidade de perfetível), perfetividade qualidade de perfetivo) perfeito (cabal; p.p. de perfazer), Perfeito (n.), Perfeuto (n.), perfeuto (perfeito, nalguns dics.), prefeito (chefe de prefeitura) pérfia (recipiente para líquidos), pérfida (f. pérfido) perfilar (fazer perfil), perfilhar (profilhar), prefilhar (profilhar), profilhar (adotar como filho), aporfilhar (profilhar), perfolhear (folhear com cuidado), porfilhar (profilhar), aporfiar (porfiar) perfloração ((om) florescência), perfuração ((om) ato de perfurar) perfolhado (rel. à folha soldada na base), perfoliado (rel. à folha com aurículas fundidas), perfolheado (de perfolhear) perfunctoriamente (perfuntoriamente), perfuntoriamente (superficialmente) pergameu (de Pérgamo; pergaminho), pergaminho (pele para escrever) pergaminhado (como pergaminho), apergaminhado (pergaminhado) Pérgamo (ant. cid. que deu n. ao pergaminho), Bérgamo (n. moderno de Pérgamo) pérgoa (soalho), pérgula (passeio coberto de ramada) pergunta (questão), pregunta (pergunta), bregunta (bregasta) Perguntadoiro (top.), Perguntoiro (top.), Preguntoiro (top.) periântio (invólucro da flor), perianto (periântio) pericão ((om) hipericão), Pericão ((am) Perico), hipericão ((om) planta) pericárpio (pericarpo), pericarpo (parte externa do fruto) perícia (habilidade), períscia (f. períscio) perico (n. do carneiro; penico), pirico (perico), Perico (Perucho), pírico (da pira) pericoto (cume), pericouto (o mais alto dum cume), piricoto (pericoto), piricouto (pericouto) perigalho (pele decaída), peringalho (penduricalho), piringalho (peringalho, nalguns autores), pirandárgalho (argalho voador inventado por João da Coba), biringalho (galho dum cacho) perigo (risco; de perigar), Prigo (n.) perigosidade (qualidade de perigoso), periculosidade (perigosidade) periódico (que tem periodicidade), periódico (ácido derivado do iodo) periodista (periodicista), periodicista (jornalista) periosteíte (inflamação do periósteo), periostite (periosteíte) períptero (edifício rodeado de colunata), periptério (períptero) periquito (ave; topete; bêbedo), piriquito (trança), periquete (monho), peruquita (peruquinha), periquita (videira), periguete (desavergonhada), piriguete (periguete) perissodáctilo (que tem n° ímpar de dedos), perissodátilo (perissodáctilo) peristalse (contração do tubo digestivo), perístase (assunto dum discurso) peritalo (porção periférica do talo), peritá-lo (de peritar) perito (que tem perícia; de peritar), périto (vulg.: perito) peritoneu (membrana abdominal), peritónio (peritoneu) perjúrio (ato de perjurar), perjuro (que perjura; de perjurar) perlado (perolado), perolado (de perolar), prelado (título ecl.) perlífero (perolífero), perolífero (que produz pérolas) perlo (ferro na pedra para bisagra), perno (eixo cilíndrico na porta) perlongar (costear), prolongar (alongar) permanecente (que permanece), permanente (constante), manente (permanente) permease (perméase), permeasse (de permear) perméase (enzima), permeia-se (de permear) permeáveis (pl. permeável), permeáveis (de permear) permeio (meio; de permear), por meio (mediante), premeio (premio), permeação ((om) ato de permear) permissão ((om) licença), permisso (permitido; permissão), permisto (muito misturado), permitido (que tem permissão) permissividade (tolerância moral), permitividade (tolerância elétrica) permutáveis (pl. permutável), permutáveis (de permutar) pernas (pl. perna), Pernas (n.), Pernás (top.) perneira (calça que cobre perna; pé de planta), pernelha (4º de fruta de noz) pernoitar (passar a noite onde não é costume), pernoutar (pernoitar), prenotar (notar previamente) pero ((è) peró; (ê) fruto do pereiro), peró (mas), Pero (top. e n.), perro (que não funciona) perobinha (planta), probinha (pop.: pobrinha), provinha (de provir) Peroja (top. e n.), Perúsia (top. it.), Pérousse (explorador fr.), perocha (parte carnosa do bolbo; vulva), Perucha (n.), Perosa (top. e n.) perola (ola; parte carnosa de tubérculo; de perolar), pirola (piça), Pirola (n.), pirinola (pirola), perinola (pirinola), Pernola (top. e n.), pirula (baga da abrótega), perinol (ourinol) pérola (perla), pérula (invólucro), pírula (pílula), perla (pérola; de perlar) perolar (ornar de pérolas), perlar (perolar), perolizar (dar aparência de pérola), pirolisar (submeter a pirólise, nalguns dics.) peroleira (molusco; f. peroleiro), Peroleira (top.), peruleira (f. peruleiro) perolina (f. perolino), perolinha (dim. pérola), pirolinha (dim. pirola), pirolita (pirolinha), pirolite (rocha com peridotite), pirolito (cantiga pop.; refrigerante), pirulito (caramelo cónico) perolo (de perolar), pirolo (pirola; pissote), Pirolo (top. e n.) perónia (operónia), operónia (efeito) perónio (osso), peroneu (rel. ao perónio) perorata (discursata, nalguns textos), perorada (f. perorado) peroxídase (enzima), peroxidase (peroxídase), peroxidasse (de peroxidar), peroxida-se (de peroxidar) perpassar (passar ao longo), propassar (ultrapassar, nalgum dic.) perpétua (planta; f. perpétuo), Perpétua (n.) perpianho (pedra de parede), porpianho (perpianho), propianho (perpianho) perponte (acolchoado; de perpontar), perponto (perponte; de perpontar), perpunto (perponto) perpontar (pespontar, nalguns textos), pespontar (fazer pesponto), pespontear (pespontar) perquirição ((om) inquirição), perquisição ((om) perquirição) perquiridor (que perquire), perquisidor (perquiridor) perracha (perrecha), perralha (pessoa ruim), pirralho (criança), perrecha (vulva), perrancha (perrencha), perrencha (enfado; perrecha; f. perrencho), perrincha (perrencha), berrincha (perrincha), perrinche (perrencha), perrincho (xurelo; riçado), perrencho (encaracolado; homem pequeno que presume de bom moço), emperrencha (de emperrenchar), ferrecha (perrecha), Ferrecha (top. e n.), ferrancha (de ferranchar) perrexil (funcho-marítimo), perrixil (perrexil), perexil (perrexil), perixil (perexil), perixel (perrexil), pirixel (perixel), prixel (perixel), Prixel (top. gal.), Pirixel (top.), pirexel (perixel), perigeu (ponto duma órbita mais próximo da Terra) persa (da Pérsia), persiana (cortina de lâminas) persecução ((om) perseguição), perseguição ((om) ato de perseguir), prosseguição ((om) prossecução), prossecução ((om) ato de prosseguir), prosseguimento (prossecução), perseguimento ((om) perseguição) perseguir (seguir de perto), prosseguir (continuar) pérseo (persa), pérsio (pérsico), Pérsio (poeta lat.), Perseu (pers. mit.) persevão ((am) pavimento do coche), percebão ((om) aum. percebe) perseveração ((om) ato de perseverar), perseverança (firmeza) persigais (pl. persigal; de perseguir), persignais (de persignar) persignar (fazer signa), persinar (persignar, nalguns dics. e autores), presinar (pop.: persignar), pessinar (persignar, nalgum dic.) persigo (de perseguir), presigo (conduto; de presigar), prossigo (de prosseguir) persoa (pessoa), pessoa (ser orientado a outros), Pessoa (n. e top.), pressoa (dial.: pessoa) personalidade (caráter), pessoalidade (qualidade de pessoal) personalíssimo (muito pessoal), personalismo (individualismo) personalizar (tornar pessoal), pessoalizar (personalizar), personificar (dar atributos de pessoa) perspetiva (panorama; f. perspetivo; de perspetivar), prospetiva (previsão a longo prazo), prospectiva (prospetiva), perspectiva (perspetiva) perspetivista (rel. ao perspetivismo), prospetivista (especialista em prospetiva) perspicácia (sagacidade), pervicácia (pertinácia) perspicaz (que tem perspicácia), perspícuo (manifesto) persuasor (que persuade), persuasório (persuasivo), suasório (persuasório) pertegueira (correia que se crava no pêrtego), espertegueira (asa de união do malho) pertegueiro (pertigueiro), pertigueiro (ministro secular de colegiata; que vale pouco) pertença (o que pertence; de pertencer), pretensa (f. pretenso), pré-tensa (de pré-tensar), pertinência (qualidade de pertinente) pertence (pertença; de pertencer), Pertence (n.), pré-tense (de pré-tensar) pertencente (que pertence), pertencem-te (de pertencer), pertinente (pertencente) pertencer (ser dalguém), perter (pertencer), pertentar (tentar muitas vezes) pertento (de pertentar), portento (prodígio) pértica (medida), pértiga (pírtiga), pértega (pértiga), Pértega (top.), Pértiga (top.), pírtiga (vara), prítica (timão) pêrtigo (pêrtego), pêrtego (maça do malho), pírtigo (pêrtego), pertego (pêrtego), pêrtago (pêrtego), pértego (pêrtego) perto (cerca), preto ((ê) negro; (é) dial.: perto), Preto (top. e n.) peru (ave), Peru (país), piru (peru; voz para chamar os perus), Piru (top. gal.), pru (flauta dos botocudos) peruano (peruviano), peruviano (peruleiro) peruca (cabelo postiço), Peruca (top.), perruca (peruca) perucho (fruto parecido à pera; cimo), Perucho (dim. Pedro), Peruxo (Perucho), peroucho (pera pequena), peruco (perucho; piruco), Peruco (Perucho), piruco (bem formado; objeto feituco), Piruco (top.), pirucho (meninha afeiçoada a jogos de meninhos) perueiro (rel. a peru), peruleiro (do Peru; sítio elevado), Peruleiro (top.), peroleiro (rel. a perola, nalgum texto), perucheiro (árvore dos peruchos) perversão ((om) ato de perverter), proversão ((om) atitude para o futuro) perversos (pl. perverso), Prevesos (top.), Prevesso (n.) pervinca (planta), pervinca (faixa de terreno; f. pervinco) pervinco (propínquo), Pervinco (diácono do bispo Toríbio), provinco (pervinco; linhagem) pés (pl. pé), Pés (top.), pês (pl. pê), pez (breu), peis (pés), peus (pl. peu) pesada (f. pesado), pezada (golpe com o pé) pesadão ((om) inerte), pesadume (pesadez) pesadez (qualidade de pesado, nalguns dics.), pesadeza (pesadez, nalguns autores) pêsame (condoimento), pesa-me (de pesar), pêsamo (pêsame), pesa-mo (de pesar) pescada (peixota; f. pescado), pescata (ação de pescar) pescadora (f. pescador), Pescadoira (top.), Pescaduira (top.), pescadaria (peixaria), pescantina (peixeira), pescanchina (pescantina, nalgum texto), peixeira (f. peixeiro) pescante (que pesca; assento de cocheiro), pescantim (pescador) pescar (apanhar peixe), piscar (fechar um pouco os olhos), pesgar (barrar com pez), depescar (separar) pescara (de pescar), Pescara (cid. it.) pescaria (pesca; de pescar), Pescaria (top.), pescadaria (lugar onde se vende pescado), Pescadaria (top.), peixaria (estabelecimento onde se vende peixe) pescaz (cunha que une o arado à rabiça), pescais (de pescar) pesco (pescador; pesqueira; de pescar), Pesco (top.) pescoço (colo), Pescoço (top.), Pescoso (top.), piscoso (abundante em peixe) pescuda (pesquisa, nalguns dics.; de pescudar), pesquisa (ato de pesquisar) pescudar (averiguar), perscrutar (investigar), pesquisar (investigar) peseta (ant. moeda esp.; pesseta), pesseta (vulva), pisseta (recipiente laboratorial) pesinho (dim. peso), pezinho (dim. pé), pezenho (pezanho), peinho (painho; pezinho, nalguns autores), pezanho (da cor do pez), pezunho (pesunho; pé de porco), pesunho (pata fendida dos ungulados), pesulho (peso no fole da forja), pescunlho (unha da vaca), pescunho (cunha), pesugo (armadilha para pássaros) peso (carga; de pesar; moeda), Peso (top. gal. e port.; n.), Peço (n.), peço (de pedir), piezo (unid. pressão) pesponto (ponto de costura; de pespontar), posponto (pesponto) pesqueira (lugar onde se pesca; f. pesqueiro), Pesqueira (top. e n.), Presqueira (top.) pesqueiras (pl. pesqueira), Pesqueiras (top. e n.), Presqueiras (top.) pesqueiro (próprio para pescar; comedouro de peixes), Pesqueiro (top.), Pescadeiro (top.) pêssego (fruta), pêxego (pêssego), pexego (pêssego), pêssago (pêssego), pêxago (pêssego), pêxigo (pêssego), Pexigo (top.), prixigo (pêssego), príxigo (pêssego), prêxego (pêssego), prêixego (pêssego), pêrxigo (pêxigo), pêssago (pêssego), píxego (pêxego), prêssigo (pêssego) pessegueira (pessegueiro), prixigueira (pessegueira), pexegueira (pessegueira) pessegueiro (árvore fruteira), Pessegueiro (top.), pexegueiro (pessegueiro), Pexegueiro (top.), bexigueiro (pândego), Pressegueiro (top. e n.), prexegueiro (pessegueiro), Prexigueiro (top.), Prexigueiró (top.) pessoal (rel. a pessoa), persoal (pessoal), pessoano (rel. a Pessoa) pessoalismo (personalismo), pessoalíssimo (muito pessoal) pessoas (pl. pessoa), Peçoas (top. e n.), psoas (músculos abdominais) pessoeiro (cabecel), persoeiro (pessoeiro, nalguns dics.) pestana (cílio), Pestana (n.) pestanear (pestanejar), pestanejar (agitar as pestanas), pestenejar (pestanejar), pestenar (pestenejar) pestilente (pestilento), pestilento (pestilencial) pestilo (fecho), pistilo (gineceu) peta ((ê) patranha; machadinha; de petar; (é) pata do fole), peta- (1015) petador (peça para petar), apetador (que apeta) pétala (folha da corola), peta-la (de petar) Petão ((am) top.; (om) top.), petão ((om) cume), pitão ((om) píton; parafuso; coto), Pitão ((om) top.), Pintão ((am) top.), pintão ((om) filho da galinhola), píton (ofídio), pitéu (petisco), pitém (entalhe em viga), Piteu (pers. mit.) petar (dizer petas; golpear; fazer buraco o peto; apetecer; partir lenha), peteirar (picar), petegar (cortar com peta), petelar (tirar castanhas com petelo), petelear (lidar), apetar (meter em peto), apetunhar (apetar) petardar (petardear), petardear (fazer saltar com petardo) petardes (de petardar), petardes (de petar) petasse (de petar), apetasse (de apetar), apetece (de apetecer) peteira (f. peteiro; de peteirar), piteira (planta de que se obtém a pita), Piteira (top. e n.), peteleira (ato de petelar) peteirar (bicar as aves), peteirear (debicar) peteiro (bico; que diz petas; petunheiro; medida de cereais; crustáceo; pau da bilharda; de peteirar), Peteiro (top. e n.), piteiro (peteiro; escrupuloso), beteiro (que pesca com beta), peteleiro (peteleira), petelheiro (petunheiro), petadoiro (petador; estorvo do caminho), petugeiro (que tem mau dente) petéis (pl. petel), peténs (pl. petém), peteis (de petar) petela (operação de petelar), pitela (lasca), petola (sacho), pitola (lasca) petelo (rodo; gordecho; de petelar), Petelo (n.), pitelo (pitela; cigarro, nalguns autores), petelho (broa), petolo ((ô) madeira para manter o lume; (ó) sacho), petoulo (croque), pitolo (estilha) petelos (pl. petelo), Petelos (top.), Pitelos (top.), Pintelos (top.), pitelos (pl. pitelo) petém (encaixe; var.: petei), petei (de petar) petiça (f. petiço), petiza (menina; f. petiz), petisa (f. petiso) peticega (f. peticego), pita-cega (pinta-cega), pinta-cega (pássaro), petisseca (f. petisseco) petiço (cavalinho; pequeno), petiz (pequeno), petiso (petiz), petuso (petiso), pitis (petiz), pitusco (criança), tuso (cadelo) peto (bico; ave; ucha; algibeira; de petar), Peto (top.) peto-real (fura-paus), pito-rei (peto) petouto (pedra; montículo), Petouto (top.), petote (iguaria; croque), petouro (grumo), petoiro (cria do peto), petote (bolo de farinha) Petra (top. Maiorca e Jordânia; n.), petra (sinal na pele), petreia (f. petreu), pétrea (f. pétreo) petrar (endurecer), petrechar (apetrechar), apetrechar (munir de apetrechos) petrecho (apetrecho; de petrechar), apetrecho (instr. de guerra; de apetrechar) petréis (pl. petrel), petreis (de petrar), petris (pl. petril) petrel (mouteira; ave), petreu (rel. ao que é pétreo) petrina (abertura das calças), petrina (f. petrino) petroleiro (petrolista), petroleiro (navio que transporta petróleo) petromão (pop.: petromax), petromax (lampião) peúga (meia curta), peúva (árvore), pioga (abraçadeira), piúga (peúga), Piúca (top.), piúco (peúco), peúco (peúga; sapatinho), peúgo (peúga) peva (raça de galinhas; nada), peba (ruim) pevida (pevide), pevide (semente), pevite (singamose), Pevite (n.), píveda (pevide; cabeça do eixo do carro), pepita (grão de ouro), pivida (pevida), pívida (membrana sob a língua), pivide (pivida), pívoda (pevide; semente do cabaço; tofeira) Pevidal (top.), Pividal (n.), pividal (extremo do eixo) pevideiro (alcouve), piveteiro (vasilha onde se queima o pivete), pivideiro (pevideiro) pezudo (de pés grandes), peúdo (umbu), Piúdo (n.) pi (letra gr.), Pi (top. e n.), Pim (top.) pia (f. pio; tanque; de piar), Pia (top. e n.) piaba (peixe), piava (piaba; de piar) piaçaba (piaçava), piaçava (piaçá), piafava (de piafar) piache (var.: piaste), Piache (top.), piagem (pegada) piadoso (piedoso, nalgum dic.), piedoso (que tem piedade) piai (de piar), Piai (top. e n.) piais (pl. pial; de piar), peais (pl. peal; de pear), Piães (top.) piamontês (piemontês), piemontês (do Piemonte) pianismo (técnica pianística), pianíssimo (muito piano) piara (bando de animais domésticos), piara (de piar) pias (pl. pia; de piar), Pias (top. e n.) pibela (loquacidade), puvela (flor do milho) piça (pene), pisa (pisadela; de pisar), piza (filhó it.), Pisa (top.), pissa (piça; pissa-de-rei), pixa (pissa; berberecho), picha (pincha; fonte; piça; de pichar), Picha (top. e n.), pinça (instr. para apertar), Pinça (top.) picachão ((om) picão; pruído), pichação ((om) ato de pichar) piça-del-rei (pissa-de-rei), pissa-de-rei (caralhete), pisso-rei (caralhote) picaço (pigarço), Picaço (n.), Picacho (top.), picarço (pigarço), pigarço (grisalho), pigorço (de pescoço longo), pigargo (águia), Pigarços (top.), picanço (ave), Picasso (pintor) picada (picadura), picoada (picada), bicada (golpe com o bico) picadilho (variedade de tabaco), picadinho (carne picada), pecadinho (dim. pecado), pecadilho (pecadinho) picado (aspereza; de picar), Picado (n.) picadora (f. picador), picadura (picadela; erva ou tabaco picado), pecadora (f. pecador) picai-o (de picar), Picalho (n.), Picanho (n.), Picanhos (top.) picais (de picar), Picais (top.), Picães (top.) pica-la-verça (pica-na-verça), pica-na-verça (jogo) picanha (apeiro de vários galhos; picaranha; lombo da rês), picaranha (pico para cavar), Piconha (top.), picaracha (comida feita depressa) picão ((om) picareta; cume; peixe), Picão ((om) n. e top.) pica-pão ((am) pedra do limiar da porta do forno), pica-pau (ave) picardia (ação de pícaro), Picardia (região fr.) picareiro (pícaro), picoreiro (pegureiro) pícaro (picarinho; finório; pigarro), píncaro (pináculo), picardo (da Picardia), fígaro (barbeiro), bígaro (molusco), vígaro (buguina de caracol de mar), pígaro (com pintas; chavelha do carro), pícoro (pícaro), Pícoro (personagem do cinema), pigarro (esgarro; de pigarrar), mícaro! (michinho!) piçarreira (jazida de piçarra; f. piçarreiro), Piçarreira (top.) piçarreiro (rel. a piçarra, nalguns dics.), Piçarreiro (top.) piçarrilho (piçarrim), piçarrim (ponteiro) piçarro (piçarra), Piçarro (n.), Pizarro (n.), Pissarro (pintor fr.) píceo (rel. a pez), písceo (rel. a peixe), píseo (casta de ervilha), pise-o (de pisar), pífio (reles), Pício (n.) pichão ((om) remate de parede), Pichão ((om) n.), Pixão ((am) n.), pixão ((am) desalinhado; (om) gaião), pixim (rape; pixão), Pinxim (n.), peixim (peixe-sapo), pixotim (caralhote) piche (alcatrão; de pichar), picho (pichel; fonte; de pichar), pixo (piça), pincho (chouto; arte de pesca) picheiro (vaso), pincheiro (pescador com pincho), pucheiro (caçoula), picheleiro (que faz pichéis; santiaguês), picholeiro (picheleiro, num dic.), pixoteiro (vendedor de pescada) picheiros (pl. picheiro), Pixeiros (top.), Pexeiros (top.), Puxeiros (top.), pucheiros (pl. pucheiro), Punxeiro (top.), Buxeiros (top.), Pigeiros (top.), buxeiros (pl. buxeiro), bucheiros (pl. bucheiro) picheis (de pichar), pichéis (pl. pichel), pixéis (pl. pixel), píxeis (píxel), pixels (pixéis), píxels (píxeis) pichel (vasilha), pixel (píxel), píxel (unid. informática) pichoca (espicho; bilha), pichocha (vulva), picocha (sacho de 3 dentes), pichola (picha), pixola (pichola), repichoca (pop.: troula) pichoco (buraco), piçoco (acha), pichoque (pichoco), pichouco (pichoco), picocho (picocha), pixolo (caralhote) pico (cume; de picar; arume), Pico (top. e n.), pique (ato de picar) picões (pl. picão), Picões (top. port.), picôs (picões [castanhas] que escacham) piçorelho (pica-peixe), peçorelhos (inflamação detrás da orelha), piçorelhas (papeiras) picota (pelourinho; de picotar), Picota (top.) picoto (cume; de picotar), picouto (picoto), Picoto (top.), Picouto (top. e n.), picoroto (picoto, nalgum texto), Picoroto (top.), picuruto (curuto), Picuruto (top.) picureia (erva dos cômaros), Picureia (n.), Pigorela (top.) piega (peja; pega), piega (de piegar) piegas (ridiculamente sensível), piegas (pl. piega; de piegar) piezoeletricidade (piezeletricidade), piezeletricidade (eletricidade por deformação em cristal) pífaro (instr. mus.), pífano (pífaro), pínfano (tentilhão) pígara (galinha parecida à perdiz; f. pígaro), Pígara (top.), pícara (f. pícaro) pigídio (parte abdominal das trilobites), pixídio (píxide) pigmenta (de pigmentar), pimenta (fruto da pimenteira), Pimenta (n.), pementa (pimenta) pigmentário (rel. a pigmento), pigmentar (dar pigmentação) pigmento (substância corante; de pigmentar), pimento (fruto do pimenteiro), Pimento (top.), pemento (pimento), pimentão ((om) condimento) pila (galinha; de pilar; pilha), Pila (top.), pilha (montão; de pilhar; f. pilho; transformador de energia quím. em elétrica) pilão ((om) instr. para pilar; pórtico; pia grande), pilone (pórtico) pilarete (pequeno pilar), pilarte (ant. moeda) pilas (pl. pila; de pilar), Pilas (top. esp.) pildra (leito; de pildrar), piltra (pildra), píldora (pílora), pílora (bilurico), piloro (conduto para o duodeno), pílula (pastilha) pildrar (manchar ao salpicar), depilitrar (pôr-se fraco) pilhabão (pilhavão), pilhavão (pícaro), pilhavam (de pilhar) pilhado (de pilhar), Pilhado (n.) pílhara (ave aquática), pilhara (de pilhar) pilheira (empilhamento), pilhéria (chiste), pilheria (pilharia, nalgum texto), pilharia (pilhagem; ação de pilho; de pilhar) pilho (gatuno; de pilhar), pilo (montão; dardo; coluna; de pilar; lavadoiro) pilitrão ((om) animal pelado), depilitrão ((om) pilitrão) piloto ((ô) guia), piloto ((ó) de pilotar) pimental (lugar de pimentos), Pimentel (n. e top.), pimenteiro (vaso da pimenta; planta do pimento) Pimentéis (pl. Pimentel), pigmenteis (de pigmentar) pimpão ((om) jogo; pimpim; pimpante; pingue-pongue), Pimpão (n.), pingue-pongue (ténis de mesa) pimpelo (relevo do jugo), pipelo (pimpelo) pimpim (pássaro; peixe), Pimpim (top.) pimpinela (planta; mulher engaioladora), pimpineira (aba com muita pendente) pina (camba; cunha; de pinar), Pina (top. e n.), piina (princípio coagulável do sangue) pinaça (ant. embarcação de pesca), pinácia (pinaça), pinácea (f. pináceo), pinalha (pola do pinheiro; pinalho) pináceo (rel. às pináceas), pinácio (peça que separa vidros), pinázio (pinácio) pinça (tenaz pequena; de pinçar), Pinça (top.), piniça (pontas dos montes) Pinçães (top.), pinções (pl. pinção), pinçais (de pinçar), Pinçás (top.), Peiçais (top.), Peiçás (top.) pinção ((om) pedúnculo; tentilhão), Pinção ((om) n.), Pinçal (top. e n.), Pinzal (top. e n.) pinçar (segurar com pinça), pinchar (saltar; fazer saltar) pincéis (pl. pincel), pinceis (de pinçar), pinceleis (de pincelar) pinche (alto da parede; palangre; de pinchar), pincho (pinote; palangre; de pinchar), pinço (rapaz, na fala dos moinantes; de pinçar) pindárico (magnífico), pindérico (de mau gosto) Pindo (monte gr. e gal.; top. port.), Pindo (n.) pindaíba (pindaíva), pindaúba (embira-branca), pindoba (palmeira), pindova (pindoba) pindonga (pindanga), pindanga (pendanga), pendanga (de vida licenciosa) pingadelo (casta de uva), pinguelo (pinguel), pingarel (carambelo), pingadoiro (parte saliente de cornija), pingadouro (pingadoiro), pingarelho (cousa mal feita), pingalho (farrapo; de pingalhar), pingacho (bailado folclórico) pingão ((om) chorão; pedichão), pingalhão ((om) campainha) píngegas (pintas na pele do porco), píntegas (pl. píntega) pingente (pendente), pungente (picante) pingolear (pingolejar), pinguelear (pingar muito), pingolejar (pingar), pingulejar (pingar), pingolejear (pingolejar), pingolotear (cair pingueiras), pingotar (cair pingotas), pingotear (pingotar), pingar (gotejar), pinguelejar (pinguenejar), pinguenejar (pingar), pinguinejar (chuviscar), pingonear (pedichar) pingota (pinga), pingola (pessoa desleixada), pinguela (fio de água que sai de rocha), pinguel (úvula), Pinguela (rio), pinguinela (randeeira), pingueira (pingas seguidas), Pingueira (top.) pingue (de pingar), pingue (gordo) pinguéis (pl. pinguel), pingueis (de pingar) pinguim ((uí) ave palmípede), pinguinho (dim. pingo) pinha (estróbilo; de pinhar), Pinha (top. e n.) pinhal (pinheiral), pinheiral (terreno de pinheiros), Pinheiral (top.), Pinal (top. e n.), pinal (pinhal) pinhão ((om) penisco), Pinhão ((om) top. e n.), Pinhói (top.), pinhoá (ponto onde se encontram as chedas), pinhoada (pasta de mel e pinhões; parte postiça do pinalho) pinhar (inclinar), apinhar (amontoar) pinheiro (árvore; sem crista), Pinheiro (top. e n.), Pinheiró (top.), Pinheiroá (top.), Pinheira (top. e n.), pinheira (f. pinheiro), Pinheirão ((om) top.) pinho (pinheiro; de pinhar), pino (pinho; prego; vertical; de pinar), Pino (top. e n.), Pinho (top. e n.) pinhoca (pinoca), pinoca (maçaroca), pioca (mioca; de piocar) pinta (manchinha; f. pinto; medida de capacidade; de pintar), Pinta (top.) pintada (f. pintado; ave), pitada (f. pitado) pintainho (franguinho; de pintainhar), pintinho (dim. pinto), pitinho (dim. pito) pintalha (cava), pintai-a (de pintar), pitalho (pedaço de lenha) pintão ((om) pinto grande), Pintão ((am) top.) Pintarolo (n.), Pintolo (n.) pinta-rouxa (pinta-roxa), pinta-roxa (pata-roxa), pinta-roxo (pássaro), pitirroso (pitirreiro), pintassilgo (pássaro), Pintassilgo (n.), pintassirgo (pintassilgo), pinta-silvo (pintassilgo), pinta-silvas (pintassilgo), pintaxilgo (pintassilgo), pintaxirgo (pintassilgo), pita-silva (azuleira), pentassílaba (f. pentassílabo) pinteiro (binteiro), Pinteiro (n.), Pintoeiro (top. e n. gal.) pintéis (pl. pintel), pinteis (de pintar), Pinténs (top.) pinto (polo; que tem cor preta; de pintar; pene), Pinto (top. e n.) pintora (mulher que pinta), pintura (resultado de pintar) pintos (pl. pinto), Pintos (top. e n.), Pitos (top. e n.), pitos (galinhos; pl. pito) pinturesco (pitoresco), pitoresco (pictórico), pictoresco (pitoresco, nalgum dic.) pio (ato de piar; pia de lagar; piedoso), Pio (top.: Pio IX; n.), pipio (pio; de pipiar) piocar (pedir), pioucar (dar pios) piolharia (piolhada), piolheira (piolharia) pio-nono (capa curta), Pio Nono (Pio IX) piora (ato de piorar; pioria; de piorar), pioria (pioramento), Peoria (top. EUA), pioura (moucho), piúria (pus na urina) piores (pl. pior), piores (de piorar) piornedo (terreno com piornos), Piornedo (top. e n.) piorno (giesta brava; espigueiro), Piorno (top. e n.), pidorno (piorno) piorra (cotovia), piorreia (supuração dos alvéolos) pioses (pl. piós), pioses (pl. piose) piquinho (dim. pico e pique; cabuchete), Piquinho (top. e n.) pira (fogueira), pira (doença; de pirar) pireletricidade (separação de cargas elétricas com aumento de temperatura), piroeletricidade (pireletricidade) pirelétrico (rel. à pireletricidade), piroelétrico (pirelétrico) pirenéu (pirenaico), pireneu (pirenéu), Pirinéu (top. gal.), pirineu (monte, no lapizarro de Mondariz), perineu (períneo), períneo (região entre o ânus e os órgãos genitais), perinho (pero bravo) pirenéus (pl. pirenéu), pireneus (pl. pireneu), Pirenéus (cordilheira europeia; montes bras.), Pireneus (Pirenéus), Pirineus (Pireneus), perineus (pl. perineu) pireu (altar de fogo), Pireu (cid.) pirita (pirite), piritá (ave), pirite (mineral), perita (f. perito; dim. pera) pirliteiro (pilriteiro), pilriteiro (espinheiro-alvar) piroga (embarcação), Piroga (top.) pirogéneo (substância que aumenta a temperatura), piroxénio (mineral das lavas), piroxena (metassilicato), pirogénio (pirogéneo), pirogénico (produzido pelo calor), pirogenético (rel. à pirogénese) pirotecnia (arte de empregar o fogo), pirotécnica (f. pirotécnico) pirrol (substância extraída do alcatrão), pirrolo (ramalhete de cereijas), pirolo (pirola), Pirolo (n.), pirulo (remate) pirueta (pinote), piruleta (dim. pírula; viravolta) pis (mijo), pise (de pisar) pisão ((om) maço para pisar), pesão ((om) maço para esmagar), pezão ((om) aum. pé), peção ((om) coeiro), Pezão (n.), Pisão ((om) n. e top.), Pisano (escultor), pisano (de Pisa) pisca (grãozinho), pisca (de piscar) Pisces (Peixes, no Zodíaco), pises (de pisar) pisciforme (com forma de peixe), pisiforme (com forma de ervilha), piciforme (que se assemelha ao pez) piscina (tanque de natação), pisciana (f. pisciano) pisco (que pisca), pisco (pássaro; chisco) piso (chão; de pisar), Piso (top.), pisso (pissa), picho (cal; pichel; de pichar), pixo (pisso; pixão) pisoador (que pisoa), apisoador (que apisoa) pisoadora (f. pisoador), apisoadora (máquina para apisoar) pisoeiro (pessoa ao cargo do pisão; pisoador), piseiro (moega para esmagar a uva) pisões (pl. pisão), Pisões (top.; família rom.), pesões (pl. pesão), pisoes (de pisoar), peções (pl. peção), Pezós (top.) pispieiro (que procura indagar algo suspeitoso), Pispieiro (n.) pissasote (longueirão), pissote (pisso-rei), pixote (sem-vergonha; pixão), pinçote (alavanca do leme), pisote (pau para pisar), pisoto (pisote), pisoteio (de pisotear) pista (rasto), pista (de pistar) pistacha (pistácia), pistache (pistácia), pistacho (pistácia), pistácia (planta), pistácio (semente da pistácia), pistacheiro (pistacho) pistão ((om) êmbolo), pistom (pistão) pita (galinha; fibra natural; jogo; de pitar), Pita (n.) pita-cega (inseto; ave; jogo), pinta-cega (pita-cega) pita-d'auga (ave), pita-d'água (pita-d'auga), pinta-d'água (ave), pita-da-auga (pita-d'auga) pitinha (dim. pita), petinha (ave) pitões (pl. pitão), Pitões (top. e n.), petões (pl. petão), Petões (top.) pitoco (rabeno), pituco (pequeno), pitocho (pituco, nalgum texto), pitrocho (pituco, nalgum texto), pitojo (míope), petouco (outeiro), pitoujo (pita) pitolo (estilha), petolo (naco de madeira; sacho) pitonisa (pítia), pitonissa (pitonisa), pítia (sacerdotisa; f. pítio) pitosca (pitosga), pitosga (pisco dos olhos) pitouca (molusco), pituca (apôutiga; f. pituco) pituíta (mucosidade nasal), pituitária (f. pituitário; membrana mucosa nasal) pivete (criança que pretende ser adulta; pastilha aromática), pivote (pivô; de pivotar) pixota (molusco; pixote; peixota), peixota (pescada), pissota (pescada) pizaria (estabelecimento que vende pizas), pisaria (de pisar) Placência (cid. it.), Plasência (Placência), Plasença (cid. esp.), Placença (Placência), placença (beneplácito) placenciano (etapa do pliocénico), placentino (de Placença) plácido (sereno), plácito (beneplácito), Plácido (n.), prácido (pop.: plácido) plagio (de plagiar), plágio (plagiato) plagióclase (feldspato), plagioclásio (plagióclase) plana (casca da fruta; classe; plaina; de planar), prana (tona; de pranar), plaina (instr. para alisar; de plainar), polaina (peça que resguarda perna e parte superior do calçado) planadoira (relha do arado), planadora (f. planador), planeadora (f. planeador), planeadeira (ferramena de ferreiro), planadeira (cachadeira) plancha (prancha; de planchar), prancha (tábua grossa; de pranchar) plancho (compressa; de planchar), prancho (plancho; de pranchar) plancto (plâncton), plâncton (seres marinhos microscópicos), plantão (inspeção de caserna), Piantão ((om) top.), planto (de plantar), pranto (choro; de prantar) planctónico (rel. ao plancto), platónico (rel. a Platão) planear (fazer planos), planejar (planear), planar (liso; pairar), pranar (parar batatas), plantejar (fazer plantejamento), plantear (prantear; plantejar), prantejar (chorar), prantear (prantejar), planizar (planejar) planejador (que planeja), planeador (planejador), planador (que plana) planeta (astro; casula), plane-ta (de planar), planete (parte lisa da moeda) planície (chaira), planeza (planície), planiço (palmês) planirrostro (de bico achatado), plenirrostro (de bico inteiro) plano (chão; projeto; de planar), plã (gal.: plano), prano (de pranar), plaino (de plainar) planta (vegetal; de plantar), pranta (pop.: planta; de prantar) plantar (fincar na terra; direção anatómica), prantar (pop.: plantar) planteis (de plantar), plantéis (pl. plantel) plaqué (casquinha), plaqueta (dim. placa; opúsculo; trombócito), plaquete (gal.: plaqueta) plasticina (plastilina), plastilina (cerasina) plastrão ((om) peitilho), plastrom (plastrão) plateia (pavimento do teatro), prateia (de pratear) plateias (pl. plateia), Plateias (top.), prateias (de pratear) platelminto (verme), platelminte (platelminto), platielminto (platelminto), platielmíntio (platelminto), platelminta (platelminto) platina (peça do microscópio; metal; f. platino; de platinar), palatina (f. palatino), Palatina (top. e n.) platonismo (filosofia de Platão), plotinismo (neoplatonismo) plebeizar (tornar plebeu), plebizar (plebeizar) plebiscitar (fazer plebiscito), plebiscitário (rel. a plebiscito) plebiscito (consulta popular; de plebiscitar), plebicídio (morte de povo, nalguns textos) plêiada (plêiade), plêiade (Sete-Estrelo; grupo de notáveis) pleiocénico (pliocénico), pliocénico (plioceno) pleioceno (plioceno), plioceno (período geológico) pleistoceno (plistoceno), plistoceno (período geológico) pleistocénico (rel. ao pleistoceno), plistocénico (pleistocénico) pleitear (litigar), preitear (render preito), preitejar (preitear) pleito (litígio), preito (tributo), Preito (top.) pleópode (apêndice abdominal dos artrópodes), pliópode (pleópode) plesiossáurio (reptil), plesiossauro (plesiossáurio) plessimetria (exame com plessímetro), plessometria (plessimetria) plessímetro (plessómetro), plessómetro (anticoposcópio) pleura (membrana pulmonar; pop.: pleure), pleure (pleuris), pleuris (pleurisia), pleurais (pl. pleural), plurais (pl. plural), pleurisia (inflamação da pleura), pleurite (pleurisia seca) pleuroma (pseudotumor pulmonar; pleroma, nalguns dics.), pleroma (meristema) pleuronectídeo (rel. a pleuronecto), pleuronéctida (pleuronectídeo) pluma (pena), pruma (pluma; de prumar) plumaceiro (que prepara ou vende plumas), plumeiro (penacho) plumacho (plumaço), plumaço (plumagem) plumagem (penas da ave), prumagem (prumada; plumagem), plumbagem (plumbago), prumassem (de prumar) plumbagina (grafite), plombagina (plumbagina) plúmbeo (rel. a chumbo), plúmeo (rel. a pluma) plumboso (que tem chumbo), plumoso (que tem plumas) plurilíngue (plurilingue), plurilingue (multilingue) Plutão ((om) pers. mit.; planeta), plutónio (el.) pneumologista (especialista em pneumologia), pneumólogo (pneumologista), pneumatólogo (pneumólogo) pó (fragmentos), Po (símb. polónio), Pó (rio it.; top. gal. e port.; n.), poh! (boh!), pô (boh!) poa (planta; cabo; poá), poá (pinta; ponto), Poá (top.) pobre (mendigo), Povre (top.), probe (vulg.: pobre), prove (de provar), prouve (de prazer) pobreza (condição de pobre), probeza (dial.: pobreza) pobrinho (pop.: pobrezinho), pobrezinho (dim. pobre) poça (charca; de poçar), Poça (top. e n.), possa (de poder), posa (de posar), puça (erva-dos-muros; poça) poçais (pl. poçal; de poçar), posais (de posar), pousais (de pousar), possais (de poder) poçanca (poça), pochanca (charco) poção ((om) remédio), Poção ((om) top.), pousão ((om) que obra com lentidão) poceiro (que faz poços; cesto), Poceiro (top. e n.), posseiro (quinhoeiro) pocha (cadela; terneira), poxa (interj.), poucha (pião que panda), poja (venda pública; de pojar; parte inferior da vela do navio), pouja (de poujir), puxa (casca; pucha; de puxar), puja (de pujar), pucha (gorra; cucha; vulg.: puta) pocinha (dim. poça), Pocinha (n. e top.), Pocinhas (top.) pocinho (charco; dim. poço), Pocinho (top.), pozinho (dim. pó), pocilho (xícara) pocinhos (pl. pocinho), Pocinhos (top.), pozinhos (pl. pozinho) poço (pego; de poçar), Poço (top. e n.), Poso (top.), posso (de poder), poso (de posar), pôso (var.: pôs), Puço (top. e n.), puço (poço), pouso (paradeiro; de pousar), Pouso (top.) poços (pl. poço), Poços (n.), Pussos (top.), Puços (top.), puços (pl. puço) poda (de podar; podadura; var.: possa), poida (talvez), apoda (de apodar), podoa (podadeira), pedoa (foucinho rijo; podoa), pedona (ferramenta para cortar silvas), podona (podão pequeno) podades (var.: podais), podades (var.: possais) podador (que poda), podadeira (podão) podais (var.: possais), podais (pl. podal; de podar) podamos (de podar), podamos (var.: possamos) podagra (gota), podargo (ave) pôde (de poder; dial.: pude), pode (de poder e podar), poude (dial.: pôde) podedes (var.: podeis [de poder]), podedes (var.: podeis [de podar]) podeis (de poder), podeis (de podar) podemos (de poder e podar), pudemos (de poder) podendo (de poder), pudendo (pudico) Podente (top.), podente (potente, nalguns dics.), potente (poderoso), Pudente (n. lat.), pudente (pudendo), Podence (top.) poder ((ê) força; ser capaz), podere (ant. túnica; pop.: poder), puder ((é) subj. poder) poderes (pl. poder e podere; inf. pess. poder), puderes (subj. poder) poderoso (que tem poder), pudoroso (rel. a pudor) podiense (poiense), poiense (de Poio) pódio (pedestal; dial.: posso), pode-o (de poder e podar) podo (podão; de podar), podo (forma analógica de posso) podre (apodrecido), Podre (top. e n.), podrento (podre; céu com nuvens pequenas), podrenco (muito podre), podrido (apodrecido), podriqueiro (cousa que fede; preguiçoso) podredoiro (podredouro), podredouro (lugar onde apodrecem substâncias) podridão ((om) podrêmia), podredum (podridão), podredume (podridão), podrém (podridão), podrêmia (cousa podre), podrémia (podrêmia), podreia (podrêmia) põe (ind. sing. e imper. pôr), Poe (escritor), Pói (top.), pom (var.: põe), pom! (onomat.), põem (ind. pl. pôr), Poim (top.), Ponhe (top.), Pou (n.) poedeira (galinha que põe), puideira (substância para puir), poedora (poedeira, nalguns textos), podora (poedeira, nalguns dics.), podoira (poedeira, nalguns dics.), ponhedora (põedora), põedora (poedeira, nalguns dics.), podeira (poedeira), pondeira (poedeira), ponhedeira (põedeira), põedeira (poedeira) poedoiro (poedouro), poedouro (sítio onde a galinha põe), poidoiro (puidoiro), puidoiro (pano dobrado onde desliza o fio da meada), puidouro (puidoiro), podoiro (troço de pano), ponhedoiro (põedoiro), põedoiro (poedoiro), ponhedeiro (põedeiro), põedeiro (poedoiro), poedeiro (põedeiro). ponhedouro (põedouro), põedouro (põedoiro) poeirento (poeiroso), poeiroso (que tem poeira), poento (poeirento) poeiro (lugar onde se põe o pó; oídio), Poeiro (top.), Poieiro (n.) Poeja (n.), poja (de pojar; mamas da porca), Puexa (top.) poejo (pojo; pó; poenjo), pojo (poial), poenjo (planta herbácea) põe-mo (de pôr), põem-mo (de pôr), pomo (fruto) poetar (fazer poesia), poetizar (poetar) poetisa (f. poeta), poetiza (de poetizar) poia (bolo; antolho; puga; de poiar), polha (pissa), poalha (poeira; orvalho; de poalhar), piolha (broulhas; pequena), peolha (humidade) poiar (colocar), apoiar (encostar) poião ((om) poia), Poião ((am) n.) poio (poial; de poiar), Poio (top.), polho (piolho do mar), poalho (chuvisca) poise (unid. viscosidade; pouse), pouse (de pousar) poito (bezerro), pouto (de poutar), puto (devasso; nada; garoto) pojada (brote; f. pojado), puxada (puxão; f. puxado), pujada (medra) pojadeiro (que se pode pojar), pojadoiro (parte inferior da perna do bovino), pojadouro (pojadoiro), pojador (que poja) pojante (rápido), pujante (possante), puxante (que puxa) pojar (engrossar), pujar (ter pujança; licitar), puxar (tirar; empurrar), apuxar (empuxar; puxar) pola (por a; pita; ramo; tunda; tempo de prognóstico), pô-la (inf. e pret. perf. pôr), Pola (top.), ponla (dial.: pola), põe-la (de pôr), poula (terreno sem cultivar; de poular) polada ((ô) conjunto de polas; (ó) conjunto de polos), poulada (grande quantidade), paulada (poulada; pancada com pau), pulada (f. pulado) polar (rel. ao polo; camisola de desporto), pular (dar pulo), poular (deixar terreno sem cultivar), poulear (cavar um poulo) polavila (fiadeiro), pola vila (pela vila), polafia (polavila, nalguns autores) poldras (passais; pl. poldra), Poldras (top.), Pondras (top.), pondras (poldras), alpondras (poldras), espoldras (pl. espoldra; de espoldrar), alpoldras (alpondras) poldro (cavalo novo), potro (poldro) pole (pólis; de polir, nalguns autores), pólen (pó das anteras), polem (de polir, nalguns autores), pulem (de pular e polir) polé (roldana), poleá (pária), poleia (tareia; de polear), pouleia (de poulear), polia (correia; polilha; de polir) poleeiro (que faz polés), poleiro (galinheiro), puleiro (poleiro) polegar (dedo grosso), Polegar (n.), pulgar (coanhar) polegarinho (polegarzinho), polegarzinho (dim. polegar), polegarzito (polegarzinho), polgarenho (estremo de atadura), repongorelho (polgarenho) poleias (pl. poleia; de polear), Poleias (top.) poleira (mulher que cria polos; pola), pouleira (que não tem cria) polemicar (polemizar), polemizar (discutir) polenda (polenta), polenta (papas de milho) pólex (polegar), Poles (top.), pules (de pular e polir) polhoso (piolhoso), piolhoso (piolhento) poliandria (estado de poliandra), poliandra (que tem mais dum marido; f. poliandro), poliândria (vegetais poliandros) policarpo (que produz muito fruto), Policarpo (n.), policárpio (rel. a policarpo), pilocarpo (planta) polícia (força pública), policia (de policiar) policiais (pl. policial), policiais (de policiar) polidesportivo (rel. a vários desportos), poliesportivo (polidesportivo) polido (cortês), Pulido (n.), puído (de puir) poliestireno (polistireno), polistireno (polímero do estireno) polifacetado (multifacetado), polifacético (polifacetado, nalguns autores), polifásico (de muitas fases) poligâmico (rel. à poligamia), polígamo (que vive em poligamia) poligenia (característica determinada por vários genes), poliginia (estado de polígino), poligénese (produção dum fenómeno linguístico em áreas separadas) polígeno (que produz muito), polígino (com muitos pistilos) poliglota (que sabe muitas línguas), poligloto (poliglota) Polinésia (ilhas da Oceânia), polinésia (f. polinésio) polinho (dim. polo), pulinho (dim. pulo), polim (suporte da cuba; var.: poli), pulim (pau que atravessa acima do carro; var.: puli) Polínia (musa do hino sagrado), polinia (massa de grãos de pólen), poliginia (estado de polígino) poliónimo (que tem muitos nomes), politónimo (nome de cidade, nalguns textos), polinómio (expressão algébrica) polipeiro (grupo de pólipos), polveiro (que pesca polvos), Polveiro (n.), Polbeiro (n.), pulveiro (polveiro), pulpeiro (de pulpeirar; polveiro, nalguns dics.), Pulpeiro (n.), polpeiro (polpador), polpador (instr. para polpar), Polpeiro (top.), pulvureiro (pulmueiro) políptico (quadro pintado em vários painéis), político (rel. à política), polítrico (musgo) politiqueiro (politicante), politiqueio (politiquice, nalguns textos), politicante (politiqueiro), politicastro (politicalhão) polmão ((om) fleimão), pulmão ((om) bofe) polme (sedimento), polmo (turvação) polo (por o; região polar; pito; jogo; camisola), pô-lo (inf. e pret. perf. pôr), pó-lo (pop.: põe-lo), Polo (top. e n.), poulo (ermo; de poular), Poulo (top.) pô-lo-ia (de pôr), poluía (de poluir) polónia (f. polónio), Polónia (país), Apolónia (sta.) polónio (polaco; el.), Polónio (n.), Apolónio (n.), polonês (da Polónia) polução ((om) emissão involuntária; poluição), poluição ((om) ato de poluir) poluto (poluído), Poliúto (mártir rom.) polveira (f. polveiro; barca para pescar polvo), Polveira (top. gal.), pólvera (pólvera-macha), pólvora (explosivo), Polvoeira (top.), polvoreira (polvorinho; poeira), Polvoreira (top.), pulvueira (pulmueira), pulveira (f. pulveiro), pulpeira (de pulpeirar; polveira, nalguns autores), pulvureira (pulmueira), polvoraria (fábrica de pólvora), polborinha (borboleta), polparia (de polpar), Polvaria (top. e n.) polvo ((ô) cefalópode), polbo (polvo, nalguns dics. ), polpo (ant.: polvo; pop.: polvo à feira), pólipo (celenterado), pulvo (polvo), chispolvo (boi), Polvos (top. gal.) polvorento (que se desfaz em pó), polvoroso (poeirento), pulverulento (coberto de pó) polvorim (resíduo de pólvora), polvorinho (paiol), polvorão ((om) doce, nalguns dics.), pulvurim (nevada ligeira) poma (folhato; maçã; pl.: pola de pinheiro), põe-ma (de pôr), põem-ma (de pôr) pomar (pomareiro), Pomar (top. e n.), pumar (pomar), Pumar (top.) pomareda (pomar de maceiras), pumareda (pomareda), Pumareda (top. e n.), pumarega (pumareda), Pumarega (n.) pomba (f. pombo), Pomba (top.), paloma (cabo que rodeia a verga), palomba (relinga; palomar), Paloma (n.) pombal (abrigo das pombas), Pombal (top. e n.), palomar (fio grosso; coser velas), palombar (coser com palomba) pombeiro (pombal; vendedor ambulante; bomba), Pombeiro (top. e n.), Pomboeiro (top.) pombinha (dim. pomba), Pombinha (top.) pombinho (dim. pombo; pequeno pombo), palombino (mármore branco) pombo (ave), Pombo (top. e n.) pomes (pedra-pomes), Pomes (top. e n.), pómice (pomes), pômice (pómice), púmice (pómice), pomito (pomes) pomos (pl. pomo), pomos (de pôr) pompeiano (habitante de Pompeios), pompeiano (partidário de Pompeio) Pompeio (cônsul), Pompeios (cid.), Pompeu (n.), Pompeia (n.; Pompeios) Pompílio (n.), Popílio (cônsul rom.) pompom (bola de fios), pom-pom (jogo para distrair crianças; canhão) pompons (pl. pompom), pompões (pompons, nalguns textos) pomposa (f. pomposo), Pomposa (top. it.) ponçar (polir), punçar (furar), punçoar (furar com punção) Pôncio (n.), Ponço (n.), poncho (capa), ponche (bebida), Ponços (top. e n.) pondaliano (ref. a Pondal), pondalino (pondaliano) pondémia (poleirada), pandemia (epidemia generalizada) ponderais (pl. ponderal), ponderais (de ponderar) pondo (ger. pôr), pondo (peso) ponente (poente; relator, nalguns textos), poente (que põe ou se põe), Poente (top.), Ponhente (top.), ponhente (poente, nalguns dics.), põente (ponhente) ponho (de pôr), Ponho (top.) ponta (extremo; de pontar), Ponta (top.) pontais (pl. pontal; de pontar), ponteis (de pontar), pontéis (pl. pontel) pontal (altura do navio), pontel (ponteiro) pontão ((om) escora; barca que forma ponte; pequena ponte de madeira), Pontão ((om) top. e n.), puntão ((om) pontão, nalguns dics.) pontaria (mira; de pontar), apontaria (de apontar) ponte (passo elevado), Ponte (top. e n.), põe-te (de pôr) ponte-areão (de Ponte Areias), ponte-areano (ponte-areão) ponte-caldelão (Ponte Caldelas, na Terra de Montes), ponte-caldense (de Ponte Caldelas, em Ponte Vedra) ponte-cessão (da Ponte-Cesso), ponte-cessano (ponte-cessão), pontecessão (ponte-cessão), pontecessano (ponte-cessano) pontedeumês (da Ponte d'Eume), ponte-eumense (pontedeumês) ponte-devense (da Ponte Deva), pontedevês (ponte-devense) ponteira (f. ponteiro; extremidade), pontoeira (ponteira) ponteiro (que aponta), pontoeiro (postalho), pontoneiro (que maneja pontões) pontelha (pequena ponte), Pontelha (top.), pontilha (franja ornamental; de pontilhar), pontinha (dim. ponta), Pontinha (top.), Pontela (top. e n.), puntilha (pontilha) Pontelo (n.), pontarelo (ponto de costura), poutelo (de mãos pequenas), poutenho (com poutas) ponte-novense (da Ponte Nova), pontenovês (da Ponte Nova) pontense (de São João da Ponte; pontês), pontês (das Pontes) pontes (pl. ponte), Pontes (top. e n.) pontesa (f. pontês), Pontesa (top. e n.) Ponte Vedra (top.), Pontevedra (top. e n.), Ponte Velha (top.) ponte-vedrês (de Ponte Vedra), pontevedrino (de Pontevedra), pontevedrês (ponte-vedrês) Pontezela (top.), pontizela (pontelha), Pontizelha (top.) Pontezinha (top.), pontezinha (dim. ponte) pontificais (pl. pontifical), pontificais (de pontificar) pontifical (rel. ao pontífice), pontifício (pontifical) Pontífice (Papa), Pontífece (n.) pontigo (ponte tosca), Pontigo (top. e n.), pontilho (pontilha), pontinho (dim. ponto), pontino (do Lácio), postigo (porta pequena noutra grande), posigo (pequeno postigo), possigo (posigo), poxigo (postigo), Poxigo (top.), puxigo (poxigo) pontilhão ((om) ponte pequena), Pontilhão ((om) top.) pontilhoso (pundonoroso), pontilhista (que segue a escola do pontilhismo) ponto (ponta; de pontar; apontador; pélago), Ponto (top.) pontoais (de pontoar), pontuais (pl. pontual; de pontuar) ponto-cruz (ponto de bordado), ponto de cruz (ponto-cruz) pontões (pl. pontão), Pontões (top.) pontonada (conjunto de pontões), pontoada (f. pontoado) popa (sacerdote rom.; (ô) parte posterior do navio), Popa (n.), poupa (pássaro; penacho; de poupar; poupança), polpa (carne do fruto), pupa (ninfa de inseto; ferida) pope (sacerdote ortodoxo), Pope (poeta ingl.), poupe (de poupar) popelina (tecido), popeline (popelina) populaça (plebe), populasse (de popular), populacho (populaça) população ((om) conjunto de habitantes), povoação ((om) ato de povoar) populacional (rel. a povoação), povoacional (populacional, nalguns autores) popular (povoar; do povo), popularizar (tornar popular) por (prep.), Por (top.), pôr (vb.), poer (põer), põer (ant.: pôr), ponher (var.: põer), Poher (estadista fr.) por fim (finalmente), pôr fim (acabar) porão (cave; de pôr), prão (porão; plano) porãos (pl. porão), prãos (pl. prão), porões (pl. porão) porbaixa (sarmento que se enterra; de porbaixar), probaixa (de probaixar) porbaixar (meter na terra mergulhos de videiras), probaixar (porbaixar) porca (f. porco; fêmea do parafuso; jogo), Porca (top. e n.) porcada (conjunto de porcos; porcaria), porcalhada (porcaria) Porcalhã (top. gal.), porcalhã (f. porcalhão), porcalhona (f. porcalhão) porcalhão ((am) porcão; (om) porcão), porcalhento (porcalhão, nalguns autores), porcalheiro (porcalhão, nalguns dics.), porqueirês (da Porqueira) porção (pedaço), Porçum (top.) porcentagem (percentagem), percentagem (tanto por cento), percintassem (de percintar), precintassem (de precintar), precintagem (ato de precintar), percentilagem (divisão em percentis) porcento (percentagem), por cento (em cada cem) porcentual (percentual), percentual (percentil) porche (esp.: soportal, num dic.), pôr-che (var.: pôr-te) porco (suíno), Porco (top. e n.) porco-espinho (ouriço-cacheiro), porco-espim (porco-espinho) porem (de pôr), porém (não obstante; presumido; dial: porei), porei (de pôr) pórfiro (rocha porfírica), Porfírio (n.), profiro (de proferir), profira-o (de proferir) porlão ((om) polrão; escacho), polrão ((om) gonzo) pornos (pl. porno), pôr-nos (de pôr), porneus (pl. porneu) porpianho (perpianho), perpianho (pedra do ancho da parede), purpianho (porpianho) porque (por causa de; por quê), porquê (causa; por quê), por que (pelo que; por quê), por quê (interrog.) porqueira (curral de porcos; f. porqueiro), Porqueira (top.) Porrães (top. gal.), Porrais (top. port.), Perrães (top. port.), Porrás (top. gal.), porrões (pl. porrão) porrão ((om) vasilha bojuda), Porrão ((om) top.) porreiro (rel. a porro; com forma de porra; ótimo), Porreiro (top. e n.), purreiro (viveiro de couves) porreiros (pl. porreiro), Porreiros (top.), Porreiras (top. port.) porreta (talo verde do porro), porrete (cacete), porreto (talo verde da cebola), borreta (porreta), purreta (porreta) porrigem (tinha), porrigo (porrigem) porrinho (porrete), Porrinho (top. gal. e port.; n.), Perrinho (top. port.), Perrinho (top.), Purrinhos (top. e n.) porro (alho-porro; calo), Porro (n.), emporro (emporrancho) porroá (tanchagem), corroá (porroá) porrões (pl. porrão), Porrões (top.) porta (abertura; veia; de portar), Porta (top. e n.) porta-carral (porta da corte para os carros), porta-carretal (porta-carral) portada (f. portado), portada (portal) porta-fólio (portfólio), portfólio (carteira), portefólio (portfólio) portagem (imposto de passagem), Portage (top. gal.), Portagem (top. port.), portádego (ant.: portagem), Portádego (top.) portais (pl. portal; de portar), Portás (top.) portal (porta principal), Portal (top. e n.) portalão ((om) grande portal; portaló), Portalão ((om) top.), Portalém (top.), portaló (porta dum navio) Portalegre (top. port.), Porto Alegre (top. bras.; conde bras.) portam (de portar), portão ((om) porta grande) portar (levar), portear (conduzir; bater de portas), portejar (portear), porteliar (portear) portaria (portão; praz-me), portaria (de portar) portas (pl. porta; de portar), Portas (top. e n.) portativo (que se pode portar), portátil (portativo) porte (transporte; de portar), pôr-te (de pôr) porteira (f. porteiro), porteleira (abertura em valado) porteiro (janitor), Porteiro (top. e n.), portairo (vão num muro), porteleiro (abertura numa sebe), portageiro (cobrador de portagem) portela (colo de montanha), Portela (top. e n.), protela (carnívoro; de protelar) Portelinha (top. e n.), portelinha (dim. portela) portelo (cancela), Portelo (top. e n.), Portel (top.), protelo (protela; de protelar), Portelho (n.), portulho (bolo de massa) portenha (f. portenho; de porter), portinha (dim. porta; de porter), Portinha (top.) portenho (bonaerense), portuense (do Porto ou de Óstia), portense (de Portas), portém-se (de porter), portulano (planos de portos), Portolano (n.), portinho (dim. porto), Portinho (top.) porténs (de porter), porteis (de portar) porto (ancoradouro; de portar), Porto (cid. e n.), pôr-to (de pôr), opor-to (de opor), Oporto (Porto, noutras línguas) Portoção ((om) top.), Portozão ((om) top.), Porto Doção ((om) top.), Porto d’Ozão ((om) top.), Porto do Som (top.) Porto-Carreiro (top.), Portocarreiro (top. e n.) porto-doçonense (porto-sonense), porto-sonense (porto-dozonense), porto-dozonense (de Porto Doção ou do Som ou d’Ozão) porto-mouro (charca funda), Porto Mouro (top.) Porto Santo (top. gal.), Porto Santo (ilha da Madeira) Portozelo (top.), Portuzelo (top.), Portezelo (top.) Portozim (top.), Portozinho (top.) portucalense (do condado port.), portugalense (portucalense), portugalego (de Portugaliza), portugalês (do Portugal gal.; port.), portugalujo (de Portugalete), portuxês (vulg.: port.), portucheis (de portuchar), português (de Portugal), Portugueiro (top. gal.) Portugal (país e n.), Portugal (top. e n. gal.) Portugalete (top. basco), Portugalete (top. gal.) portugaliza (de portugalizar), Portugaliza (Portugal e Galiza; n.) portuguesada (reunião de portugueses; portuguesismo; f. portuguesado), aportuguesada (f. aportuguesado) Pórtulas (n.), Pórtolas (n.) porvindouro (futuro), porvindoiro (porvindouro) pos (pois; var.: pões), pós (pl. pó; após; var.: pões), pôs (de pôr; var.: pões), pões (de pôr), Pons (n. catalão), pois (conj.), pous (dial.: pois), puis (de puir) posada (f. posado), poçada (água represada) posar (ser modelo de artista), pousar (descansar), pausar (fazer pausa) pós-data (data posterior), pós-escrito (escrito posterior) pose (postura; de posar; arc.: pôs), posse (possessão), Posse (n.), poce (de poçar) Poséidon (Posêidon), Posêidon (Posídon), Posídon (Neptuno), Posidónio (filósofo), Possidónio (n.), possidónio (político que reduz as despesas públicas), posídeon (6º mês do ano ático) pós-graduação ((om) grau superior), pós-grau (pós-graduação, nalguns textos) posicionais (pl. posicional), posicionais (de posicionar) positrão ((om) positão), positrónio (união de eletrão e positrão), posítron (positrão), pósitron (positrão) posperna (parte superior da perna das bestas), pós-perna (posperna) pospõe-te (de pospor), pespõe-te (de pespor), pesponte (de pespontar) pospor (postergar), pespor (completar a vaca a gestação) possante (potente), possam-te (de poder) possessão ((om) domínio), posição ((om) colocação) possessibilidade (qualidade de possessível), possessividade (qualidade de possessivo) possessor (possuidor), possessório (rel. a posse), possuidor (que possui) possuim-te (var.: possuí-te), possuinte (que possui) posta (f. posto; de postar; naco; correio), Posta (top.) postais (pl. postal), postais (de postar) postalho (gastalho), sopostalho (pau para erguer a cabeçalha) postar (colocar em posto), postear (pôr postes), postejar (dividir em postas), apostar (fazer aposta) poste (esteio; de postar), Poste (top.), pôs-te (de pôr), pões-te (de pôr) postemão ((om) lanceta para abrir postemas), postemeiro (postemão; alívio; postumeiro), postumeiro (postremeiro), postremeiro (derradeiro), postrimeiro (postremeiro), postimeiro (postrimeiro), postreiro (postrimeiro), posteiro (que cuida cavalos de posta), postoiro (gavela), póstero (que há de vir depois), postor (pessoa mais velha da aldeia), postouro (endego) postergar (preterir), prosternar (prostrar) posto (lugar; de pôr e postar), Posto (top.), pósito (armazém de grãos) postre (sobremesa), prostre (de prostrar), postremo (postemeiro) postulação ((om) solicitação), pustulação ((om) formação de pústulas) postulado (proposição implícita), pustulado (pustulento) póstumo (ref. a depois da morte), Postúmio (imperador da Gália) postura (atitude do corpo; de posturar), positura (compostura, nalguns textos) posturais (pl. postural), posturais (de posturar) pota (caçoula; lula; de potar), pote (pota grande; croque; de potar), pouta (fateixa; pata com unhas; de poutar), Pouta (top.), puta (prostituta; crustáceo; faneca), poita (pouta; almalha) potagem (legumes guisados), potassem (de potar) potáveis (pl. potável), potáveis (de potar) potência (poder), potencia (de potenciar), Potenza (top. it.) potenciais (pl. potencial), potenciais (de potenciar) potenciar (elevar a potência; potencializar), potencializar (tornar mais potente) potestade (poder), podestade (ant. autoridade it.) poto (bebida; de potar), puto (menino) potra (f. potro; hérnia), poldra (potra; alpondra) potreiro (negociante de potros; afortunado), poldreiro (rel. a poldros) potril (alpendre para recolher potros), poldril (potril) poubeio (alpendre; de poubear), pobeio (de pobear) poucochinho (poucachinho), poucachinho (pouquinho), pouquechinho (poucochinho), pouquichinho (poucochinho), pouquijim (pouquichinho), pouquecho (dim. pouco), pouquerrecho (pouquinho), pouquinho (muito pouco), pouquirrichinho (pouquichinho) poulareda (gente junta), foulareda (poulareda) poupar (evitar despesa), poupear (balançar), poupiar (coxear), poupelear (alçar e baixar um meninho), polpar (reduzir a polpa) poupela (guedelha), poupeleia (de poupelear) pouquidade (exiguidade), pouquidão ((om) pouquidade) pousa (de pousar; casa de recreio), Pousa (top. e n.) pousada (f. pousado; hospedaria), Pousada (top. e n.), pousadia (pousada), pousamento (repouso) pousadeiras (nádegas), pousadelas (pl. pousadela) pousadeiro (estalajadeiro; nádegas), poisadeiro (pousadeiro), pousadouro (pousada), poisadoiro (pousadouro), pousadoiro (pousadouro), Pousadoiro (top.), Pousadouro (top.), pouseiro (sedentário; pousadeiro), poçadeiro (molhos que se levam a um poço) pousa-fole (pousa-foles), pousa-foles (indolente), Pousa-Foles (top.), Pousafoles (top.) pousagem (ato de pousar), pousassem (de pousar) pousão ((om) que atua com lentidão), Pousão ((om) n.) pousio (pouso), Pousio (top.), Posio (top.), Possio (n.) pouso (descanso; de pousar), Pouso (top. e n.), poiso (pouso; de poisar) poutas (pl. pouta; de poutar), Poutas (n.), poutelas (de -: a 4 patas) poutada (pancada com pouta; espécie de âncora), putada (ato mal-intencionado) pouvana (f. pouvano), pauvana (tunda), pouveia (casa de aldeia) pouvão (pouvano), pouvano (rústico) poveiro (da Póvoa), poubieiro (lugar alto) povo (povoado), Povo (top.) povoa (de povoar), povo-a (de povoar), póvoa (casal), Póvoa (top.), Povra (top.), povra (póvoa), pobra (povra) povoação ((om) lugar), Povoação (top.) Povoadura (top.), Póvoa Dura (top.), Povadura (top.) povoar (fundar povoação), pobear (pastar), poubear (tiritar) praça (lugar público), Praça (top.), praza (de prazer), plaça (terreno cultivado por vizinhos em rotação), plasa (de plasar) pracear (pôr em praça), pracejar (fazer praça) pradairo (árvore), Pradairo (top.), pradeiro (árvore) pradeira (prado), Pradeira (top. e n.), pradelha (pasteiro), Pradelha (top.) prado (campo), Prado (top. e n.) praga (calamidade; de pragar), Praga (top. checo, polaco e gal.; n.), plaga (praia; tom mus.) pragais (de pragar), plagais (pl. plagal) prago (pargo; de pragar), pargo (peixe) praguejar (dizer pragas), praguear (praguejar), pragar (praguejar), preguear (fazer pregas) praia (beira-mar), Praia (top.) praieiro (rel. a praia), praiense (da Vila da Praia), praiano (rel. a praia; de Praia Norte ou Balneário Camboriú), praiol (praiolo), praiolo (peixe), praio (escacho) praiinha (dim. praia), Prainha (top. bras. e cabo-verdiano) pranchar (dar pranchadas; pranchear), pranchear (estender-se ao comprido), planchar (chapar) prão (ant. plano), prau (prão; parau) pràs (pl. prà), praz (de prazer) prásio (quartzo), prásio (ant. povo índio) prata (metal), Prata (mar; top. gal.; n.) prataria (conjunto de pratos; conjunto de objetos de prata; obradoiro de ourives), pratearia (de pratear), Pratarias (top.) pratear (pratejar), pratejar (luzir como prata), praticar (pôr em prática; falar) prateeis (de pratear), pratéis (pl. pratel) prateira (armário da prata; f. prateiro), prateleira (andel) prateiro (que fabrica ou vende objetos de prata), Prateiro (top. e n.), prateleiro (prateleira; que toca pratos) prática (f. prático; exortação), pratica (de praticar) praticagem (ofício de prático), praticassem (de praticar) praticismo (praticidade), praticíssimo (muito prático), praxismo (conjunto de praxes) prático (que tem prática), práxico (rel. à praxe) prato (peça de louça), Prato (cid. it.) pravo (mau), prabo (peixe) praxeologia (ciência da atividade humana), praxologia (ciência da atividade em geral) praxia (modo de agir), prazia (de prazer), praxe (regra), práxis (atividade ordenada para um resultado) prazente (que apraz), aprazente (prazente), Prazente (top.), prazem-te (de prazer) prazer (agradar; gozo), Prazer (top. e n.), placer (depósito mineral; parcel), plácer (placer), plasar (agradar) prazeres (pl. prazer; de prazer), Prazeres (top. e n.) prazeroso (que causa prazer), prazenteiro (prazeroso) prazo (emprazamento; de prazer), plaso (de plasar), prásio (variedade de quartzo), prásino (esmeralda) pré (soldo; a -: a par), pre (dial.: pra), pre- (prefixo de anterioridade) preanunciar (anunciar antes), prenunciar (predizer), pronunciar (proferir) prebenda (benefício eclesiástico; de prebendar), pré-venda (anterior à venda), probenda (prebenda), provenda (vitualhas) prebendaria (cargo de prebendeiro), prebendaria (de prebendar) preboste (ant. magistrado militar), prioste (ant. cobrador eclesiástico) precação ((om) deprecação), precaução ((om) prevenção) precariedade (qualidade de precário), precaridade (precariedade, nalguns dics.) precatório (rogatório), precautório (precaucional) prece (reza; de preçar), prese (de presar), presse (de pressar), preze (de prezar) precebas (perfebas), perfebas (pestanas), percebas (de perceber; pl. perceba) precedente (que precede), procedente (que procede), presidente (que preside), presidim-te (var.: presidi-te), procidente (que cai para a frente) preceder (ir diante), proceder (descender) precedesse (de preceder), precede-se (de preceder), presidisse (de presidir) precedia (de preceder), presidia (de presidir e presidiar), procedia (de proceder) precedo (de preceder), Presedo (top. e n.) preceito (regra), precito (réprobo), prescito (precito), precinto (recinto), pressinto (de pressentir), preceuto (dial.: preceito), preceituo (de preceituar), percepto (percebido), perceto (percepto) preceituais (pl. preceitual), preceituais (de preceituar) preceitual (rel. a preceito), preceituário (coleção de preceitos), preceituoso (sentencioso), percetual (não abstrato), perceptual (percetual), preceptoral (precetoral), precetoral (rel. a precetor), precetorial (rel. a precetoria) preceja (recipiente), preseja (preceja) preceptista (precetista), precetista (que estabelece preceitos) preceptor (precetor), precetor (mentor), preceitor (ant.: precetor), precentor (diretor de coro catedralício), percetor (que percebe), perceptor (percetor) preces (pl. prece; de preçar), Preces (top.), preses (de presar), presses (de pressar), prezes (de prezar) precessão ((om) efeito de rotação), processão ((om) procedência), procissão ((om) marcha), precisão ((om) rigor), precinção ((om) espaço entre filas), presunção ((om) vaidade) pré-ciência (ciência inata), presciência (pressentimento), presença (comparência), presencia (de presenciar), precedência (preferência), presidência (cargo de presidente) precinta (precinto; de precintar), pressinta (de pressentir), percinta (tira alcatroada; de percintar), prescinda (de prescindir) precintar (cingir com precinta), percintar (enrolar percinta), precingir (cingir com cinta) preciosismo (afetação), preciosíssimo (superl. precioso) precípite (veloz), precípito (íngreme), precípuo (principal), prepícito (precípito, nalgum dic.) precito (réprobo), pré-citado (citado anteriormente), precitado (pré-citado), prescito (precito) preço (custo; de preçar), preso (prisioneiro; de presar), prezo (de prezar), presso (de pressar) precoce (prematuro), precoz (precoce, nalguns dics.) pré-conceção ((om) preconceção), preconceção ((om) conceção antecipada), preconcepção ((om) preconceção), preconceito (prejuízo) predita (ato de predizer; f. predito), Predita (n.) predominância (predomínio), predomínio (superioridade), predominação (predomínio) preeminente (superior), proeminente (saliente), prominente (pop.: proeminente) preensão ((om) ato de prender), preempção ((om) compra anterior) preferir (dar preferência), proferir (pronunciar), preterir (pôr de parte) prefixais (pl. prefixal), prefixais (de prefixar) prefulgente (que prefulge), refulgente (que refulge) prefulgir (brilhar), refulgir (ter fulgor), prefulgurar (brilhar com intensidade) prega (dobra), prega (de pregar) pregação ((om) (ê) pregagem; (è) prédica), Pregação ((om) top.), predicação ((om) pregação), predicamento (categoria), pregamento (pregadura), pregagem (sermão), prédica (sermão) pregadeira (alfineteira), pregadora (f. pregador), pregadura (pregagem) pregador ((ê) que segura com pregos; (è) predicador), predicador (que predica), pregueador (pregueadeira), pregoador (que pregoa) pregueadora (f. pregueador), pregueadeira (utensílio para preguear) pregar ((ê) fazer prega; segurar com prego; (è) predicar; gal.: rogar, nalguns dics. e autores), pregoar (apregoar), apregoar (anunciar com pregão), apregar (apegar), preguear (fazer pregas), predicar (dar prédica), Predigar (n.) pregaria (pregadura; de pregar; (è) pregação; de pregar (è)), pregoaria (de pregoar; (è) pregação; de pregar (è)), pregária (prece, nalguns dics.) prego (grampo; de pregar), Prego (top. e n.), pregoo (de pregoar), pregão ((om) ato de apregoar) pregoes (de pregoar), pregões (pl. pregão) pregoeiro (que pregoa), pregueiro (fabricante de pregos) pregou (de pregar), pregoou (de pregoar) pregue (de pregar), Priegue (top. e n.), Prigue (n.) preguiça (indolência; mamífero arborícola; de preguiçar), Preguiça (top.), perguiça (dial.: preguiça), priguiça (preguiça), pereça (de perecer) preguiceira (cadeira de recosto; f. preguiceiro; preguiça), espreguiçadeira (camilha para descansar; preguiceira) preguiceiro (preguiçoso), preguicento (preguiçoso), preguiçoso (que tem preguiça), perguiceiro (preguiceiro), preguicente (preguiçoso) preia (presa; de prear; pessoa desprezível; plena, em preia-mar), preã (pega), preija (presa) preia-mar (maré-cheia), praia-mar (preia-mar), preamar (preia-mar) preijoá (ponto onde se unem as chedas), prejoá (preijoá), prijoá (preijoá) prelação ((om) preferência), preleção ((om) lição), preeleição ((om) eleição para a final), prolação ((om) pronúncia), preação ((om) ato de prear) prelacia (prelazia; de prelaciar), prelazia (preladia), preluzia (de preluzir) prelaciais (pl. prelacial), prelaciais (de prelaciar) prelado (dignitário da igreja), perlado (de perlar), perolado (de perolar) pré-lavar (fazer pré-lavagem), prelevar (relevar), prelibar (libar antes) preludio (de preludiar), prelúdio (abertura) prelo (imprensa), Prelo (top.), prélio (combate) prema (ant.: aprémio), prema (de premer e premar) preme (de premar e premer), premeie (de premiar), prime (de primar e premir) premedeira (prensadeira), prendedeira (trepadeira), prensadeira (premedeira), primideira (pedal do tear) premediar (repartir em 2 partes iguais; bater), promediar (ter valor médio) premência (qualidade de premente), preeminência (qualidade de preeminente) premer (espremer), apremer (oprimir), premir (premer), premar (apremar), apremar (oprimir), aprimar (tirar a carne do couro), apremir (exprimir, nalguns dics.), perimir (pôr termo), apremiar (ant. apremar) premia (premeia; de premer e premir), premi-a (de premir), premeia (de premiar), premei-a (de premer) prémio (recompensa), prêmio (prémio), premeio (de premiar), preme-o (de premar e premer), prime-o (de primar e premir) premissa (ant. direito às primícias; antecedente lógico), premisse (de premir), Primícia (n.) premoção ((om) ação de Deus que influi na vontade), promoção ((om) ato de promover) premonição ((om) pressentimento), premunição ((om) precaução) premura (pressura, nalguns dics.), premera (de premer), premira (de premir) prenda (dádiva), prenda (de prendar e prender) prendamos (pres. e pret. perf. prendar), prendamos (subj. prender) prendemos (pres. e pret. perf. prender), prendemos (subj. prendar) prenha (prenhada), prenhe (impregnado), prenheia (prenhez), prenhei-a (de prenhar), prenhém (prenhez; var.: prenhei), prenhei (de prenhar), prenho (bandulheiro; de prenhar) prenhez (gravidez), prenheis (de prenhar), prenhéns (pl. prenhém) prenome (nome que precede), pronome (substituto de nome) prensagem (ato de prensar), prensassem (de prensar) prenúncio (prenunciação), pronúncio (núncio provisório), pronuncio (de pronunciar), prenuncio (de prenunciar), preanuncio (de preanunciar) preocupação ((om) desassossego), pré-ocupação ((om) ocupação antecipada) preocupante (que preocupa), pré-ocupante (que pré-ocupa) preocupar (inquietar), pré-ocupar (ocupar antes) preolo (peixe), priolo (ave) prepor (pôr antes), propor (oferecer) preposição ((om) partícula de ligação), proposição ((om) asserção) prepositivo (rel. a preposição), propositivo (rel. a proposição) prepósito (preboste; propósito), preposto (anteposto), proposto (de propor), propósito (fim) prepotente (despótico), prepõem-te (de prepor), prepõe-te (de prepor), perponte (gibão) prerrogativa (regalia), prorrogativa (f. prorrogativo) prerrogativo (rel. a prerrogativa, nalguns textos), prorrogativo (que prorroga) presa (preia; barragem; f. preso; de presar), Presa (top. e n.), represa (açude), pressa (rapidez; de pressar), preza (de prezar), preça (de preçar) presada (punhado; f. presado), prezada (f. prezado) presar (apresar), prezar (estimar muito), preçar (apreçar), pressar (esmagar uvas), prisar (presar, nalguns dics.) Prêsaras (top.), Prêsaras (n.) presbiteranismo (presbiterianismo), presbiterianismo (seita protestante) presbítero (sacerdote), presbitério (casa do cura) presbitia (presbitismo), presbiopia (presbitia) prescrevem-te (de prescrever), prescribente (que prescreve) prescrever (ordenar), proscrever (banir) prescrito (que prescreveu), proscrito (que sofreu proscrição) presenciais (pl. presencial), presenciais (de presenciar) presente (regalo; atual; de presentar), persente (de persentir), pressente (de pressentir), precinte (de precintar), presciente (que tem presciência), presem-te (de presar), prezem-te (de prezar) presepe (pesebre), presebe (presepe), presépio (presepe), pesebre (manjedoura), pecebre (percebe) preservativo (que preserva), preservante (preservativo, nalgum dic.), reservativo (em que há reserva) preside-o (de presidir), presídio (guarnição) presidido (de presidir), precedido (de preceder), procedido (de proceder) presidir (ocupar presidência), presidiar (pôr presídio) pressago (pressagioso), presságio (agouro), pressagio (de pressagiar) presseira (f. presseiro), preseira (presa; f. preseiro), pressoira (presoira, nalgum texto), presoira (coalheira) presseiro (pressuroso), pressoiro (presoiro, nalgum texto), presoiro (coalho), preseiro (presa) pressentir (ter pressentimento), persentir (sentir intimamente) prestameiro (que recebia préstamos), prestamista (que empresta) prestança (excelência), prestância (prestança), presteza (ligeireza) preste (sacerdote, nalguns dics.; prestes; de prestar), Preste (João do Oriente), presto (rápido; de prestar) prestes (disposto; planta; de prestar), Prestes (n.) prestigiação ((om) prestidigitação), prestidigitação ((om) arte de prestidigitador) prestigiado (prestigioso), prestigioso (que tem prestígio) prestigiador (prestidigitador), prestidigitador (escamoteador) préstimo (que presta), empréstimo (que se empresta), préstamo (ant. imposto) préstite (que presidia solenidades rom.), préstito (cortejo) presto (prestes; andamento mus. vivo), presto (de prestar) presumir (conjeturar), presumar (ant.: presumir) presunto (lacão), presunteiro (que trabalha em presuntos), presuntivo (pressuposto), presuntuoso (vaidoso), pretensioso (que tem presunção), presunçoso (presumido), presunho (pezunho), perçunho (cão que tem uma unha mais), pescunho (pescaz) presura (presoira), pressura (ant.: pressa), presúria (terra reconquistada) pretender (reclamar), protender (pré-esforçar) pretensão ((om) ato de pretender), pré-tensão ((om) tensão preliminar), protensão ((om) pré-esforço) pretenso (pretendido), pré-tenso (de pré-tensar), pertenço (de pertencer) pretere-to (de preterir), pretérito (passado) preterir (deixar atrás), pretermitir (preterir) pretexta (toga), pretexta (de pretextar) pretoria (jurisdição do pretor), Pretória (cid.) prevalece (de prevalecer), prevalesse (de prevaler), prevale-se (de prevaler) prevalecente (que prevalece), prevalente (prevalecente) prevalecer (preponderar), prevaler (prevalecer) prevendo (de prever), prebendo (de prebendar), previndo (de previr), prevenido (de prevenir) preveniente (que chega antes), proveniente (que provém), Provinte (n.) prevenir (antecipar), previr (de prever; prevenir, nalguns dics.), prever (prognosticar), prover (fornecer), prouver (de prazer), provier (de provir), provir (proceder), porvir (futuro) preventor (preventivo), preventório (hospital preventivo) prevê-se (de prever), previsse (de previr) previdência (previsão), providência (disposição) previdente (que prevê), providente (que toma providência), previsor (previdente) previsão ((om) ato de prever), provisão ((om) ato de prover) previver (sentir existência futura), perviver (perdurar, nalguns textos) Príamo (rei de Troia), Píramo (pers. mit.) prima (f. primo; 1ª; rede central do berjel; 1º de ninhada), prima (de primar e premir) primado (primazia; de primar), primaz (prelado superior), primais (de primar e premir), primate (antropoide), primata (primate) primasses (de primar), primazes (pl. primaz) primaveira (pop.: primavera), primavera (estação) primaveral (ref. à primavera), primaveril (juvenil), primaveiral (primaveral, nalguns dics.), primavereiro (primaveral, nalgum texto), primaverar (passar a primavera) primaz (principal), primais (de primar e premir) primicério (chantre), primiclério (primicério) primigénio (primordial), primígeno (primigénio), primogénito (filho mais velho) primitivo (o 1°), Primitivo (n.) primo (1°; coirmão; de primar e premir), Primo (top. e n.) principado (terra de príncipe), principiado (de principiar) principais (pl. principal), principiais (de principiar) principal (1º), principense (rel. a Príncipe), principesco (de príncipe) príon (proteína que provoca encefalopatia), prião ((om) príon) prior (superior de convento), Prioiro (cabo), prioiro (prior, nalguns autores), prieiro (pieiro), preeiro (comilão) priora (prioresa), prioresa (f. prior), prioriza (de priorizar) prioral (rel. a prior ou priorado), priorado (dignidade de prior), priorato (priorado), Priorato (top.), priorizado (de priorizar), prioridade (antecedência) Priorinho (cabo), priorinho (dim. prior) prisca (f. prisco; pirisca), Prisca (Priscila), pirisca (beata de cigarro) Prisciano (gramático lat.), Prisciliano (heresiarca gal.) prisioneiro (que está em prisão), prisional (rel. a prisão) prisoeira (vencelho), prisioneira (f. prisioneiro) prístina (f. prístino), Prístina (cap. do Cossovo) privança (estado de favorito; intimidade), privação ((om) ato de privar), privacidade (intimidade) prixeleira (lugar plantado de prixel), perexileira (mulher que se enfeita) pró (em prol de; pro), prò (para o), pro (peró), proo (de proar e proer), prol (proveito; prole), Prol (top. e n.), prole (progénie) proa (frente; de proar e proer), Proa (n.), proia (bolo de milho) proães (pl. proão), proais (de proar) proar (aproar; elogiar), aproar (dirigir a proa), emproar (aproar) proba (f. probo), prova (provação; de provar), Prova (top.), Proba (n. rom.), proava (de proar), proávia (mãe do avô ou da avó) probabilismo (doutrina filosófica), probabilíssimo (muito provável) probante (que prova), provante (probante), provam-te (de provar) probático (rel. a uma piscina de Jerusalém), probatório (probante), provatório (probatório), provador (que prova) probenha (bacelo), provenha (de provir), provinha (dim. prova; de provir), probinha (pop.: pobrinha), pobrinha (pobrezinha) probiótico (suplemento dietético), pré-biótico (anterior à vida; que nutre o crescimento) probo (que tem probidade), provo (prova; de provar), Provo (top.), Probo (imperador rom.), prouvo (var.: prouve), próavo (bisavô ou trisavô) probóscida (probóscide), probóscide (tromba), proboscídeo (que tem probóscide) procace (procaz), procaz (insolente), procas (ant. tribo bras.) procariote (monera), procarionte (procarioto), procarioto (desprovido de núcleo celular), procariota (procarioto) procedência (origem), procidência (prolapso), precedência (antecedência), presidência (direção) prócer (magnate), prócere (prócer), prócero (afamado) processais (de processar), processuais (pl. processual) processionário (livro usado em procissão), processional (procissão), processivo (com tendência a provocar querelas) processo (seguimento), Processo (mártir) proclama (m.: proclamação), proclama (de proclamar) procuradora (f. procurador), procuradeira (mulher curiosa) procuradoria (cargo de procurador), procuratoria (procuradoria), procuratura (procuradoria) procurar (buscar), precurar (dial.: procurar), percurar (vulg.: procurar) procustiano (procústeo), procústeo (rel. ao leito de Procusto) Procusto (pers. mit.), Procustes (Procusto), Procrustes (Procustes) prodiga (de prodigar), prediga (de predizer) prodigar (prodigalizar), prodigalizar (dissipar) producente (que produz), produzem-te (de produzir) proe (de proar), prói (de proer) proéis (pl. proel), proeis (de proer), próis (pl. prol; de proer), proles (pl. prole), prós (pl. pró), pruis (de pruir), proedes (var.: proeis), proendes (dial.: proedes), Proendes (top.) proeja (de proejar), proeza (façanha) proel (proeiro, nalguns dics. e autores; dial.: remador derradeiro), proeiro (que vigia a proa), preeiro (larpeiro) proeminência (saliência), prominência (proeminência), preeminência (superioridade) proémio (prefácio), proêmio (proémio) proençal (provençal; proençano), provençal (da Provença), provincial (da província), provinciano (provincial), proençano (rel. a Proença) Proente (top.), proente (que prói, nalguns dics.; vaidoso, num dic.), Proendos (top.), proendo (de proer) profectício (bens que procedem de ascendentes), profetício (profectício) professa (f. professo), professa (de professar) profetisa (f. profeta), profetiza (de profetizar) profetizar (vaticinar), profetar (ant.: profetizar) profilático (rel. à profilaxia), profiláctico (profilático), profiláxico (profilático) profilaxia (precauções higiénicas), profilaxe (profilaxia, nalguns textos) prófugo (desertor), prófago (nucleoproteína) profunda (f. profundo), profunda (de profundar) profundeis (de profundar), profundez (profundeza), profundeza (profundidade), profundiza (de profundizar), profundidade (qualidade de profundo) progénie (ascendência), proxenia (cargo de próxeno) prógnata (que tem prognatismo), prógnato (prógnata) prognosticar (fazer prognóstico), pronosticar (prognosticar) prognóstico (predição), pronóstico (prognóstico), pernóstico (pronóstico; pedante) progresso (marcha para adiante), progressão ((om) desenvolvimento gradual), pregresso (anterior) projéteis (pl. projétil), projeteis (de projetar), projetis (pl. projetil) projétil (projetil), projetil (míssil) prolapso (deslocação), prolepse (antecipação) prolífero (que produz prole), perolífero (que produz pérolas), prolífico (prolífero), prolígero (prolífico) prologais (pl. prologal), prologais (de prologar) prometeu (el.; de prometer), Prometeu (titã), prométio (promécio), promécio (prometeu), promédio (valor médio) promissor (que promete), promissório (ref. a promissão), promesseiro (que faz promessa) promovente (que propõe judicialmente), promovedor (que promove), promotor (que impulsa) pronau (propileu), prono (com face para o chão), pronoto (dorso de inseto), pronto (imediato) prontidão ((om) presteza), prontitude (prontidão), pronteza (prontidão) pronúncia (resultado da pronunciação), pronunciação ((om) ato de pronunciar) pronunciar (proferir), prenunciar (predizer), preanunciar (prenunciar) propalar (espalhar), propelir (impelir), propulsar (propelir), propulsionar (propulsar) propeliu (de propelir), propileu (porta da Acrópole) propicio (de propiciar), propício (favorável), propiço (estrume que há sob as árvores) propingo (propínquo), propínquo (próximo) propões (de propor), propôs (de propor) própole (substância resinosa das abelhas), própolis (própole), propolise (de propolisar) proponente (que propõe), propõe-te (de propor), Propôntida (top.) proporcionais (pl. proporcional), proporcionais (de proporcionar) propósito (intento), proposto (de propor), a-propósito (dito propositado), a propósito (a respeito) próprio (dalguém), própio (ant. e pop.: próprio) propugna (de propugnar), propunha (de propor) prorromper (manifestar-se de repente), prerromper (prorromper) prosaísta (prosista), prosista (prosador), prosador (que escreve em prosa), proseiro (falador insubstancial) proscrição ((om) ato de proscrever), prescrição ((om) ato de prescrever) prosma (fleuma; trosma; pop.: próxima; de prosmar), trosma (aparvalhado), próxima (f. próximo) prosopopaico (prosopopeico), prosopopeico (rel. à prosopopeia) prospecção ((om) prospeção), prospeção ((om) pesquisa) prospetar (fazer prospeção), prospectar (prospetar) prospeto (prospetiva; de prospetar), prospecto (prospeto; de prospectar) prossector (que prepara peças), prossecutor (prosseguidor), prossetor (prossector), prosseguidor (que prossegue) prostático (ref. à próstata), prostético (ref. a próstese), protático (ref. a prótase), protético (ref. a prótese), protésico (protético, nalguns dics.) próstese (prótese), prótese (órgão artificial), prótase (exposição dramática), próstata (órgão glandular), prostra-ta (de prostrar), prostra-se (de prostrar-se), prostrasse (de prostrar), próstase (predomínio dum humor sobre outro), protéase (rel. às protéases) prostibular (rel. a prostíbulo), prostibulário (que frequenta prostíbulos) protalo (fase gametófita de planta), protálio (protalo) proteico (albuminoide), proteico (multiforme) próteo (versátil), prótio (isótopo do hidrogénio), prótido (substância orgânica azotada), proteído (albuminoide complexo), proteida (proteído), proteídeo (rel. aos proteídeos), proteu (próteo), Proteu (pers. mit.) protetor (que protege), protector (protetor), protutor (curador) protetorado (país protegido), protetoria (qualidade de protetor), protetoral (rel. a protetorado) protocolar (rel. a protocolo; registar o protocolo), protocolizar (dar feição de protocolo) protónico (antes da sílaba tónica), pretónico (protónico) protórax (segmento anterior do tórax), prototórax (protórax) protráctil (que se pode esticar), protrátil (protráctil), protraível (que se pode protrair) Proupim (top.), Proupim (n.) provadora (f. provador), provadoura (buraco na pipa para provar o vinho), provadura (ato de provar) prováveis (pl. provável), prováveis (de provar) provecto (avançado), proveito (benefício), provento (lucro), porveito (proveito, nalguns dics.), profeito (ant.: proveito), prevento (prevenido) provedes (de prover; var.: proveis), provindes (de provir), proveis (de provar), provéns (de provir), provês (de prover) proveitoso (que tem proveito), aproveitoso (proveitoso) provem (de provar), prouvem (var.: prouve), provém (de provir; dial.: provei), provêm (de provir), proveem (de prover), Probém (top.), Porbém (n.), Borvém (top.) Berbém (n.) Provença (região fr.; top. port.), Proença (top. e n. port.) provençalismo (influência provençal), provincialismo (provincianismo), provincianismo (influência provincial) proveram (de prover), provieram (de provir) provérbio (sentença moral), provério (alvoroto), prevérbio (prefixo que se junta a um verbo) proveta (redoma), provecta (f. provecto), probeta (pobrinha) provete (areómetro), pobrete (coitado) proviço (proviso), Proviço (top.), proviso (instante; aparição), porviso (proviso) provido (p.p. prover), provindo (ger. e p.p. provir), provendo (ger. prover), provento (proveito), próvido (providente), provisto (provido, nalguns dics.) proviera (de provir), provera (de prover) proviestes (de provir), provestes (de prover) provimos (de provir), provemos (de prover e provar), proviemos (de provir) provincialado (cargo de provincial), provincialato (provincialado) provincialismo (provincianismo), provincianismo (maneiras de província) provisor (que faz provisão), provisório (temporário), provisional (rel. a provisão; provisório), previsional (rel. a previsão) provisoria (provisorado), provisória (f. provisório) provisoriamente (de modo provisório), previdentemente (de modo previdente) provisionalmente (de modo provisional), previsionalmente (de modo previsional) provocativo (provocatório), provocatório (provocante) próxeno (valedor de estrangeiros), proxeneta (alcoviteiro) prudhommiano (prudomiano), prudomiano (ref. a Prudhomme), proudhoniano (prudoniano), prudoniano (ref. a Proudhon e Prud'hon) pruído (comichão; de pruir), proído (var.: pruído; de proer), prurido (pruído; de prurir), pruiado (de pruiar), pruício (pruíço), pruíço (pruído), prurigo (prurigem), prurigem (comichão) pruir (prurir), proer (pruir), prurir (causar prurido), pruiar (poalhar) prumada (prumo; prumagem), chumbada (porção de chumbo), prumagem (plumagem), plumagem (conjunto de penas) Prusa (cid. Bitínia), Prússia (ant. região alemã), Perúsia (cid. it.), Prúsias (rei da Bitínia), prussa (f. prusso) prussiano (da Prússia), prússico (cianídrico), prussiato (sal do ácido prússico), prusso (prussiano) psamófita (psamófito), psamófito (vegetal que vive em lugar seco) pseudestesia (sensação imaginária), pseudoestesia (pseudestesia) psicanalítico (rel. à psicanálise), psicoanaléptico (que estimula a atividade mental) psicoléptico (calmante), psicolético (psicoléptico), sicalíptico (erótico, nalguns textos), sicalítico (sicalíptico) psicocinese (movimento de objetos pela mente), psicocinesia (psicocinese) psicologia (estudo da psique), sicologia (estudo dos figos; pop.: psicologia) psicose (psicopatia), sicose (doença devida a fungos; pop.: psicose) psicoterápico (psicoterapêutico), psicoterapêutico (rel. à psicoterapia) psique (alma), sique (que segue o siquismo) psiquismo (caraterísticas psíquicas), siquismo (religião do Penjabe) psitacídeo (psitáceo), psitacídio (morte de papagaio), psitáceo (ave) psitacismo (verborragia), psitacose (doença de papagaio) pterodáctilo (com dedos ligados por membrana), pterodátilo (pterodáctilo) pterópodes (gastrópodes), terópodes (répteis) Ptolemais (Ptolemaida), Ptolemeu (astrónomo; rei), Ptolomeu (Ptolemeu) pua (ponta; de puir), Pua (n. bíbl.), puga (pua), Puga (top. e n.), puia (pequeno prego), pulha (gracejo; de pulhar), puía (de puir) pube (pubes), pubes (púbis), púbis (extremidade inferior do abdome) publicada (f. publicado), Pubricada (top.) publicam-no (de publicar), publicano (cobrador de renda) publicar (fazer público), publicitar (fazer publicidade) pude (de poder), pudem (var.: pude), Pude (top.) Pudença (top.), potência (poder) pudicícia (pudor), pudícia (pudicícia, nalguns autores) pudico (honesto), púdico (var.: pudico) puge (alimpaduras de cereais), puxe (de puxar), puge (var.: pus), puje (de pujar), poje (de pojar) pugna (contenda), punha (de pôr e punhar), puna (árvore; planalto andino; de punir), Puna (cid. Índia), Punhe (top.) pugnais (de pugnar), pugnaz (lutador), punais (de punir), punhais (pl. punhal; de punhar), ponhais (de pôr) pugnar (contender), punhar (pugnar, nalguns dics.) puíço (puliço), puliço (cavaco) pula (de pular e polir; moeda do Botsuana), pu-la (de pôr), pulula (de pulular) pulgão ((om) inseto), Pulgão ((om) top.), Pulgo (top.), pulgo (pulga macha) pulheiro (freixo; que faz pulhas), Pulheiro (n.) pulmoeira (doença do gado), pulmonária (planta), pulmonar (rel. aos pulmões), pulmonia (pneumonia), pulmueira (terra ruim) pulo (de pular e polir; pulsação), pu-lo (de pôr), Pulo (top.) pulverescência (estado de superfície que parece coberta de pó), pulverulência (estado de pulverulento) pulsar (bater; púlsar), pulsear (experimentar a força do pulso), púlsar (corpo celeste, nalguns autores) pulverizar (reduzir a pó), pulvuriçar (espulvurinhar), polvorizar (botar pólvora) pum! (interj. de ruído), pum (ventosidade), pune (de punir) pumarinho (pumar), Pumarinho (top. e n.) punçar (abrir com punção), punçoar (punçar) punçoes (de punçoar), punções (pl. punção), ponçós (pl. ponçó) punctiforme (com forma de ponta), puntiforme (punctiforme) pungi (de pungir), Pungim (top.) punhada (pancada com punho; f. punhado), punhalada (golpe com punhal) punhal (arma branca curta), Punhal (n.) punhamos (de punhar; var.: púnhamos), ponhamos (de pôr) punheta (masturbação masculina), punhete (luva sem dedos) punja (lenha; pungue), punja (de pungir) puno (de punir), Puno (cid. Peru), pugno (de pugnar) puntura (picada com punção), punctura (puntura) pupila (f. pupilo), pupila (menina-do-olho; de pupilar) pupilar (rel. a pupilo), pupilar (gritar o pavão) pura (f. puro), Pura (Purificação) puré (pureia), pureia (papa de fécula), purê (puré) pureza (qualidade de puro), Pureza (top. bras.; n.), puridade (pureza) purgadoiro (pop. ou lit.: purgatório), purgatório (lugar de expiação), expurgatório (que serve para expurgar) purismo (escrupulosidade), puríssimo (pulquérrimo) pus (vurmo; de pôr), puns (pl. pum) pusemos (de pôr), puxemos ((ê) de puxar), pugemos ((é) var.: pusemos) pustular (ref. a pústula), postular (suplicar) puteiro (putanheiro; bordel), putanheiro (mulherengo) putrefacto (podre), putrefato (putrefacto), putrefeito (putrefacto) puxadeira (asela), puxadoira (puxadeira) puxador (peça para puxar), pojador (que poja) puxem (de puxar), pugem (var.: pus), puse (var.: pus), pujem (de pujar), pojem (de pojar) puxo (tenesmo; de puxar; tufo de cabelo), pujo (de pujar; var.: pôs), puso (var.: pôs), pojo (de pojar), pucho (cucho; gorro; beata), Pucho (n.)

Pesquisar este blog